Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estruturação e atualização da classificação pedológica de uma base de dados de perfis de solos do Brasil (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BENEDETTI, MARCELO MUNIZ - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LSN
  • Subjects: BANCO DE DADOS; CLASSIFICAÇÃO DO SOLO; CLIMATOLOGIA; GEOPROCESSAMENTO; MAPEAMENTO DO SOLO
  • Language: Português
  • Abstract: Um dos principais componentes a ser considerado em relação à sustentabilidade agro-ecologógica é o solo. Ele é base para a produção de alimentos e sua utilização vem aumentando gradativamente. O Brasil ocupa uma posição de destaque na realização de estudos de solos tropicais, tendo gerado grande quantidade de dados por meio de levantamento de solos. Entretanto, a disponibilização destas informações tem-se mostrado pouco eficiente. Uma base de dados de solos do Brasil foi desenvolvida a partir de levantamentos de solos do Serviço Nacional de Levantamento e Conservação de Solos (SNLCS) da Embrapa (atual Embrapa Solos), e órgãos antecessores, e pelo Projeto RADAM Brasil (COOPER et al., 2005). Devido à mudança na taxonomia dos solos no decorrer do tempo, torna-se necessária a estruturação da base de dados que identifique os solos de maneira atualizada e unificada em relação à nomenclatura utilizada de forma a permitir análises qualitativas da base de dados. Para tanto os dados foram estruturados em formato de banco de dados onde foram atualizados tomando como base a versão atualizada do sistema brasileiro de classificação de solos. A atualização permitiu uma análise da evolução taxonômica das classes de solo alem de promover um material comparável qualitativamente com variáveis externas como: distribuição geográfica, altitude e classificação climática de Koeppen. Verificou-se que a distribuição geográfica das classes de solos permitiu uma representação de todoterritório nacional. Classes de maior ocorrência no país como: Latossolo e Argissolo estiveram presentes em todos os estados brasileiros. Verificou-se também que há uma tendência de ocorrência de classes de solo em determinadas faixas de elevações. E ainda, as correlações entre as classes de solos e a classificação climática de Koeppen permitiram avaliar a distribuição do clima em relação a cada classe de solo trazendo informações sobre a ocorrência desses solos nos diferentes tipos climáticos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.10.2006

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500123610t631.44 B462e e.2 88403
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BENEDETTI, Marcelo Muniz; SPAROVEK, Gerd. Estruturação e atualização da classificação pedológica de uma base de dados de perfis de solos do Brasil. 2006.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2006.
    • APA

      Benedetti, M. M., & Sparovek, G. (2006). Estruturação e atualização da classificação pedológica de uma base de dados de perfis de solos do Brasil. Universidade de São Paulo, Piracicaba.
    • NLM

      Benedetti MM, Sparovek G. Estruturação e atualização da classificação pedológica de uma base de dados de perfis de solos do Brasil. 2006 ;
    • Vancouver

      Benedetti MM, Sparovek G. Estruturação e atualização da classificação pedológica de uma base de dados de perfis de solos do Brasil. 2006 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: