Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

O miserere de Willy Corrêa de Oliveira: "aporia" e "apodíctica" (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BONIS, MAURÍCIO FUNCIA DE - ECA
  • USP Schools: ECA
  • Sigla do Departamento: CMU
  • Subjects: MÚSICA INSTRUMENTAL; PIANO
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho consiste em um estudo sobre o ciclo de peças para piano Miserere (1999-2003), do compositor brasileiro Willy Corrêa de Oliveira (nascido em 1938). Partimos de um levantamento e uma interpretação da trajetória do compositor, para a discussão de um procedimento-chave em sua obra: as citações de trechos de obras de outros compositores, de diversas épocas da história da música. Após uma discussão da bibliografia específica sobre o tema, evocamos os textos do próprio compositor sobre o assunto, chegando ao conceito de metalinguagem para definir esta prática composicional. Comparamos, ainda, os textos de Willy Corrêa aos de um compositor particularmente importante para sua trajetória, Remi Pousseur. Em seguida iniciamos o estudo específico do Miserere, destacando alguns elementos fundamentais desta peça e abordando-os um a um, comentando alguns enfoques existentes sobre eles, situando os comentários do próprio Willy Corrêa sobre esses procedimentos, e levantando outras ocorrências dos mesmos na obra do compositor. Esses elementos são, na ordem: a relação com as artes plásticas, e em particular, no Miserere, a relação com o ciclo homônimo de gravuras de Georges Rouault; a brevidade das peças e a concentração de informações; a superposição de citações musicais, entendida em analogia com o ideograma chinês; e o chamado "teatro musical". Por fim, debruçamo-nos mais profundamente sobre as peças do Miserere, levantando em primeiro lugar a natureza particularda metalinguagem nessa obra (e nas obras recentes de Willy Corrêa), permeada pela memória pessoal do compositor. Comentamos então os problemas deparados numa leitura mais aprofundada do Miserere, valendo-nos das reflexões do próprio compositor sobre a contradição entre o aspecto poético e o aspecto estrutural de uma mesma obra. Tomando como ponto de partida a oposição entre estes seus dois aspectos, entendidos como o aporético e o apodíctico, tecemos um comentário
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.09.2006

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ECA20100039490t780.981092 O48b e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BONIS, Maurício Funcia de; TONI, Flávia Camargo. O miserere de Willy Corrêa de Oliveira: "aporia" e "apodíctica". 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.
    • APA

      Bonis, M. F. de, & Toni, F. C. (2006). O miserere de Willy Corrêa de Oliveira: "aporia" e "apodíctica". Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Bonis MF de, Toni FC. O miserere de Willy Corrêa de Oliveira: "aporia" e "apodíctica". 2006 ;
    • Vancouver

      Bonis MF de, Toni FC. O miserere de Willy Corrêa de Oliveira: "aporia" e "apodíctica". 2006 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: