Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo comparativo da distribuição temporal do sistema VEGF na placenta de cães e de bovinos (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MARQUES JUNIOR, JOSÉ EDUARDO BARBOSA - FMVZ
  • USP Schools: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCI
  • Subjects: PLACENTA; CÃES; BOVINOS; WESTERN BLOTTING
  • Language: Português
  • Abstract: A família dos VEGFs é a principal responsável pela angiogênese aumentando a neovascularização e a permeabilidade da interface endometrial/placentária. O estudo comparativo da distribuição temporal do sistema VEGF na placenta de cães e de bovinos, que apresentam diferenças tanto na sua estrutura como na sua função, pode contribuir para esclarecer o papel deste sistema ao longo da gestação. Amostras da cinta placentária de cadelas (nos dias 20, 40 e 60 de gestação) foram coletadas assim como amostras de placentomas bovinos (dias 90, 150, 210 e 270 da gestação). As amostras foram congeladas em nitrogênio líquido e armazenadas em -80ºC até serem homogeneizadas, ou fixadas em solução de formol tamponado e embebidas em paraplast usando os procedimentos convencionais. Foi realizado Western Blotting para a quantificação do sistema VEGF utilizando-se anticorpos específicos combinados com um sistema amplificador de quimio-luminescência: ECL®. A imuno-histoquímica para a localização do Flt-4 canino foi realizada de acordo com o método ABC, utilizando o Nova Red® como cromógeno. Na placenta bovina, o VEGF apresentou uma alta expressão no início da gestação seguida por queda que se manteve deste até o termo. O Flt-1, o KDR e o Flt-4 demonstraram uma alta expressão no início e no meio da gestação, e um declínio em sua expressão ao final da mesma. Na placenta canina, a proteína do VEGF e do Flt-1 apresentaram uma elevada expressão no início da gestação, a qual diminuiu na metade eassim se manteve até o final da gestação, enquanto o KDR demonstrou uma alta expressão no início e no meio da gestação, e um decréscimo em sua expressão próximo ao termo. A proteína do Flt-4 foi localizada nas regiões do labirinto placentário, do corion frouxo e do alantocorion e sua expressão variou nos diferentes compartimentos ao longo da gestação. A expressão similar do sistema VEGF e do Flt-4 em ) ambas as espécies estudadas sugere que estas proteínas apresentem funções similares tanto na placenta bovina como canina.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.11.2006
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMVZ11300029991T.1778 FMVZ
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARQUES JUNIOR, José Eduardo Barbosa; PAPA, Paula de Carvalho. Estudo comparativo da distribuição temporal do sistema VEGF na placenta de cães e de bovinos. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-28022007-163851/ >.
    • APA

      Marques Junior, J. E. B., & Papa, P. de C. (2006). Estudo comparativo da distribuição temporal do sistema VEGF na placenta de cães e de bovinos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-28022007-163851/
    • NLM

      Marques Junior JEB, Papa P de C. Estudo comparativo da distribuição temporal do sistema VEGF na placenta de cães e de bovinos [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-28022007-163851/
    • Vancouver

      Marques Junior JEB, Papa P de C. Estudo comparativo da distribuição temporal do sistema VEGF na placenta de cães e de bovinos [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-28022007-163851/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: