Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Vias centrais purinérgicas envolvidas na regulação do fluxo sangüíneo muscular durante os comportamentos de alerta e defesa (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: KORIM, WILLIAN SEIJI - IP
  • USP Schools: IP
  • Sigla do Departamento: PSE
  • Subjects: HIPOTÁLAMO; FLUXO SANGUÍNEO; FISIOLOGIA CARDIOVASCULAR
  • Language: Português
  • Abstract: As reações de alerta e defesa compreendem ajustes cardiovasculares proporcionando um fluxo sangüíneo muscular adequado nas situações de "luta ou fuga". As vias centrais e os possíveis neurotransmissores envolvidos nestes ajustes permanecem ainda, em grande parte, desconhecidas. Neste estudo buscamos analisar a participação da neurotransmissão purinérgica e glutamatérgica no núcleo do trato solitário (NTS) na gênese da vasodilatação muscular durante reações de defesa e o papel das vias glutamatérgicas do NTS para o núcleo rostroventrolateral (RVL) nestas respostas. Ratos Wistar machos (250-350 g) foram anestesiados (uretana 600 mg/kg + a-chloralose 50 mg/kg, i.v.), paralisados (d-Tubocurarina, 0,5 mg/kg, i.v.) e ventilados artificialmente. Registramos a pressão arterial média (PAM), a freqüência cardíaca (FC) e o fluxo sangüíneo dos membros posteriores (FSMP). A condutância vascular dos membros posteriores (CVMP) foi determinada como a razão FSMP/PAM e expressa como percentagem do valor basal. A estimulação elétrica (EE; 150 µA; 0,6 ms; 100 Hz; 6 s) do hipotálamo lateral provocou hipertensão, taquicardia e vasodilatação nos membros posteriores. A microinjeção bilateral de suramin (100 pmol/50 nl), um antagonista não específico de receptores P2x no NTS, reduziu a vasodilatação nos membros posteriores durante a EE do hipotálamo (173+19,0 vs 28+14,1% do basal) sem alterar as respostas pressora e taquicárdica. A microinjeção do agonista P2x a,ß-methylene ATP(100 pmol/50 nl) no NTS produziu hipotensão, bradicardia e vasodilatação dos membros posteriores. A microinjeção de suramin (100 pmol/50 nl) bloqueou a vasodilatação muscular (76+15,2 vs 9+2,1% do basal) e a hipotensão (-47+4,5 vs -6+2,0 mmHg). A microinjeção de ácido quinurênico (4 nmol/50 nl), um antagonista glutamatérgico ionotrópico não seletivo no NTS bloqueou, de forma semelhante ao suramin, a vasodilatação durante a EE do hipotálamo (134+21,5 vs 27+12,7% do basal) sem alterar as respostas pressora ou taquicárdica. O bloqueio bilateral no RVL com microinjeções de ácido quinurênico reduziu intensamente a resposta hipotensora (-60+6,1 vs -9+3,7 mmHg) e vasodilatadora (126+16,9 vs 17+4,6% do basal) provocada pelas microinjeções de a,ß-methylene ATP (100 pmol/50 nl) no NTS. O agonista purinérgico A2a, CGS21680 (20 pmol/50 nl) no NTS, evocou hipotensão, bradicardia e vasodilatação muscular de longa duração. O bloqueio do RVL com ácido quinurênico (4 nmol/50 nl) reduziu a hipotensão ( -41+4,7 vs -7+1,9 mmHg), a bradicardia (-33+9 vs -10+3,1 bpm) e a vasodilatação nos membros posteriores (81+5,6 vs 8+1,5% do basal). Estes resultados sugerem que a vasodilatação muscular nas repostas de defesa depende da ativação de receptores P2x e receptores glutamatérgicos no NTS. Ajustes cardiovasculares por ativação dos receptores purinérgicos P2x e A2a no NTS provocam vasodilatação muscular que depende da liberação de glutamato no RVL, provavelmenteativando interneurônios inibitórios ali presentes.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.12.2006
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IP12300017020T QP372 K84v e.1
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KORIM, William Seiji; CRAVO, Sérgio Luiz Domingues. Vias centrais purinérgicas envolvidas na regulação do fluxo sangüíneo muscular durante os comportamentos de alerta e defesa. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47135/tde-06022007-175231/ >.
    • APA

      Korim, W. S., & Cravo, S. L. D. (2006). Vias centrais purinérgicas envolvidas na regulação do fluxo sangüíneo muscular durante os comportamentos de alerta e defesa. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47135/tde-06022007-175231/
    • NLM

      Korim WS, Cravo SLD. Vias centrais purinérgicas envolvidas na regulação do fluxo sangüíneo muscular durante os comportamentos de alerta e defesa [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47135/tde-06022007-175231/
    • Vancouver

      Korim WS, Cravo SLD. Vias centrais purinérgicas envolvidas na regulação do fluxo sangüíneo muscular durante os comportamentos de alerta e defesa [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47135/tde-06022007-175231/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: