Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Injúria hepática e perfil de citocinas inflamatórias em camundongos BALB/c inoculados com vírus dengue-2 por via subcutânea (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FRANÇA, RAFAEL FREITAS DE OLIVEIRA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: DENGUE; IMUNOLOGIA; VIROLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: A dengue é considerada como uma das mais importantes arboviroses que afetam países em desenvolvimento. Até o presente momento não há uma quimioterapia especifica contra os vírus dengue e as tentativas de combate ao vetor têm se mostrado insuficientes. Aceita-se que o desenvolvimento de uma vacina, que induza imunidade aos quatro sorotipos virais, viria a ser a melhor de forma de combate à doença. No entanto, as pesquisas para o desenvolvimento de vacinas esbarram no principal obstáculo: a falta de um modelo animal adequado e de fácil manipulação para o estudo da dengue. No presente estudo, camundongos BALB/c foram usados para se avaliar a capacidade do vírus dengue-2 em induzir dano tecidual. Para tal fêmeas de quatro semanas de idade foram inoculadas com 1x’10 POT. 5’ UFP/ml de vírus dengue 2 (New Guinea C) por via subcutânea e então sacrificados nos dias 1, 3, 5, 7, 14 e 21 após a inoculação. Amostras de fígado foram coletadas, fixadas, coradas por HE e posteriormente montadas em lâminas histológicas. A análise histopatológica evidenciou a presença de infiltrados celulares inflamatórios próximos aos ductos biliares nos animais sacrificados rios dias 5, 7 e 14 após a inoculação. Os infiltrados eram caracterizados principalmente por presença de células mononucleares. Os níveis de expressão de mRNA para citocinas foram quantificados no fígado dos animais por Real Time PCR. Os resultados mostraram altos níveis de expressão de mRNA para IL-‘beta’ eTNF-‘alfa’ tendo inicio a partir do 50 dia após a inoculação, com posterior decaimento a níveis normais no 21º dia, coincidindo com a regressão dos infiltrados celulares e pico de expressão de mRNA para TGF-‘beta’. Não foram encontrados níveis significantes para mRNA de IL-2, IL-4, IL-10 e IFN-‘gama’. Não foram detectados níveis virêmicos no fígado em qualquer um dos dias após a infecção, seja por Real Time PCR ou imunohistoquímica. Os níveis de transaminases hepáticas (AST/ALT), marcadores enzimáticos de injúria no fígado, mostraram-se ligeiramente elevados no dia 7 após a inoculação. Após re-infecção dos animais com sorotipo viral diferente do usado na primo-infecção os mesmos parâmetros foram analisados. Não houve diferenças no dano tecidual e expressão de mRNA de citocinas nos animais re-inoculados, se comparados aos animais mono-inoculados. Este estudo foi o primeiro a utilizar camundongos com sistema imune integro, inoculados por uma rota natural de infecção, para análise da imunopatologia dos vírus dengue. Os achados sugerem que após inoculação, os animais apresentem uma inflamação hepática transiente provavelmente imuno-mediada como mostra a produção local de citocinas e infiltração celular no fígado. No entanto, em períodos mais tardios, os animais recuperam-se desta leve inflamação sem maiores complicações
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.02.2007

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200033543Frana, Rafael F. de Oliveira
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FRANÇA, Rafael Freitas de Oliveira; FONSECA, Benedito Antônio Lopes da. Injúria hepática e perfil de citocinas inflamatórias em camundongos BALB/c inoculados com vírus dengue-2 por via subcutânea. 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007.
    • APA

      França, R. F. de O., & Fonseca, B. A. L. da. (2007). Injúria hepática e perfil de citocinas inflamatórias em camundongos BALB/c inoculados com vírus dengue-2 por via subcutânea. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      França RF de O, Fonseca BAL da. Injúria hepática e perfil de citocinas inflamatórias em camundongos BALB/c inoculados com vírus dengue-2 por via subcutânea. 2007 ;
    • Vancouver

      França RF de O, Fonseca BAL da. Injúria hepática e perfil de citocinas inflamatórias em camundongos BALB/c inoculados com vírus dengue-2 por via subcutânea. 2007 ;