Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação da disposição de lodo gerado numa estação de tratamento de água em reator anaeróbio de fluxo ascendente e manto de loco (UASB) (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ROSARIO, CARLOS GONZALO ALVAREZ - EP
  • USP Schools: EP
  • Sigla do Departamento: PHD
  • Subjects: LODO; TRATAMENTO DE ÁGUA; REATORES ANAERÓBIOS; TRATAMENTO DE ESGOTOS SANITÁRIOS
  • Language: Português
  • Abstract: As estações de tratamento de água (ETA) têm a finalidade de fornecer água potável. Neste processo de tratamento de água são gerados resíduos, os quais historicamente têm sido lançados em cursos de água, aumentando o nível de degradação destes. O presente trabalho teve por objetivo avaliar o impacto do lançamento desses resíduos numa estação de tratamento de esgoto (ETE) com reator anaeróbio de fluxo ascendente e manto de lodo (UASB), buscando estudar uma alternativa para a disposição adequada desses resíduos. Para o estudo da influência do lançamento do lodo da ETA em um reator de fluxo ascendente e manto de lodo (UASB) foram utilizados dois reatores em escala piloto. O esgoto utilizado para alimentar o sistema de tratamento foi proveniente do Conjunto Residencial da Universidade de São Paulo, já o lodo utilizado foi obtido na ETA da cidade de Juquitiba. A presente pesquisa foi dividida em três fases: a primeira etapa (Fase 1) constituiu-se na partida dos reatores UASB 1 e UASB 2; na segunda etapa (Fase 2) estudou-se o desempenho dos sistemas sob regime estabilizado; e na terceira e última etapa (Fase 3) o reator UASB 2 recebeu adição de duas dosagens de lodo de ETA, sendo a primeira de 50 mg/L (Fase 3a) e a segunda de 75 mg/L (Fase 3b), em termos de sólidos em suspensão totais. As condições operacionais adotadas foram: vazão de 50 L/h e tempo de detenção hidráulico (TDH) de 8 horas. Os resultados apresentados no texto indicaram que, com o acréscimo de lodo da ETA, o reator UASB 2 não teve seu desempenho afetado negativamente, e a remoção de matéria orgânica em termos de DQO, DBO e fósforo foi muito próxima entre os reatores UASB 1 e UASB 2. Conclui-se que com a disposição de lodo em um reator UASB, não haverá interferência prejudicial no desempenho operacional do mesmo.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.03.2007
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EPBC31200019857FD-4576
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALVAREZ ROSARIO, Carlos Gonzalo; PIVELI, Roque Passos. Avaliação da disposição de lodo gerado numa estação de tratamento de água em reator anaeróbio de fluxo ascendente e manto de loco (UASB). 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3147/tde-03072007-174940/ >.
    • APA

      Alvarez Rosario, C. G., & Piveli, R. P. (2007). Avaliação da disposição de lodo gerado numa estação de tratamento de água em reator anaeróbio de fluxo ascendente e manto de loco (UASB). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3147/tde-03072007-174940/
    • NLM

      Alvarez Rosario CG, Piveli RP. Avaliação da disposição de lodo gerado numa estação de tratamento de água em reator anaeróbio de fluxo ascendente e manto de loco (UASB) [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3147/tde-03072007-174940/
    • Vancouver

      Alvarez Rosario CG, Piveli RP. Avaliação da disposição de lodo gerado numa estação de tratamento de água em reator anaeróbio de fluxo ascendente e manto de loco (UASB) [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3147/tde-03072007-174940/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: