Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Flora e ecologia dos campos de Itararé, São Paulo, Brasil (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SCARAMUZZA, CARLOS ALBERTO DE MATTOS - IB
  • USP Schools: IB
  • Sigla do Departamento: BIE
  • Subjects: ECOLOGIA; VEGETAÇÃO; FITOGEOGRAFIA
  • Language: Português
  • Abstract: Duas abordagens cartográficas pouco utilizadas no Brasil, morfopedológica e de ocupação das terras, foram aplicadas como parte de um projeto de análise florística, fitogeográfica, ecológica e de conservação dos remanescentes de campos gerais, na porção sul do municipio de Itararé, São Paulo (escala 1:50.000). As duas abordagens traduzem em termos ecológicos a paisagem. A carta morfopedológica mapeia unidades cuja evolução, estrutura e problemática sejam correlacionadas, correspondendo a interações específicas entre o material, o modelado, a morfogênese sob condições climáticas precisas; a carta de ocupação das terras mapeia uma combinação entre as formações vegetais e a influência humana em um território. Ambas as abordagens têm um potencial pouco explorado na gestão da paisagem e no ordenamento territorial do Brasil. A região de Itararé, no sudeste do estado de São Paulo, unto à divisa do estado do Paraná, possui uma considerável diversidade climática, geológica, pedológica, florística e paisagística, onde ainda podem ser encontrados remansecentes significativos e bem preservados de campos gerais, uma formação singular e pouco conhecida no estado de São Paulo. Como um primeiro passo para estudar a ecologia dos campos gerais de Itararé e subsidiar um plano para sua conservação, a flora dos campos foi analisada. Um intensivo levantamento possibilitou a preparação de uma lista florística com 1.000 espécies em 121 famílias, dentre as quais 27 espéceis são novasocorrências para o estado de São Paulo, 71 são consideradas espécies vulneráveis e 22 em perigo, segundo a lista de plantas ameaçadas do estado de São Paulo. As oito famílias que mais contribuiem para a riqueza de espécies são: Asteraceae (17,8%); Poaceae (9,7%); Fabaceae (7,0%); Myrtaceae (4,1%); Cyperaceae (3,9%); Rubiaceae (3,2%) e Apocynaceae (2,9%). Uma análise de agrupamento foi efetuada para avaliar o posicionamento fitogeográfico dos campos gerais ) de Itararé entre 47 listas disponíveis para localidades das regiões Sul e Sudeste e dos estados da Bahia, Goiás e Distrito Federal. Uma análise de correspondência canônica indicou as variáveis isotermalidade, sazonalidade térmica e precipitação do måes mais úmido como as mais correlacionadas com a distribuição das espécies dos campos. A estrutura ecológica dos campos na região sul de Itararé, sudeste do estado de São Paulo, Brasil, foi estudada em uma área de 32.697 ha. Esses fragmentos de campo ainda estão relativamente preservados. O objetivo deste trabalho é diferenciar os tipos de campos existentes na região de Itararé e caracterizar suas relações com variáveis ecológicas. Foi empregada estratégia de amostragem estratificada aleatóriamente. O critério de estratificação da paisagem foi produzido por meio da interseção do mapa morfodológico com zonas de influência microclimáticas. A composição florística e sua abundância/cobertura, junto com descritores sobre o meio físico e a estrutura da vegetação,foram obtidos em 115 levantamentos distribuídos pelas unidades de amostragem. Através da aplicação de métodos de estatística multivariada (Análise de agrupamentos, de espécies indicadoras e ordenação) foram identificados 4 tipos de campo com suas respectivas espécies indicadoras. O gradiente mais importante presente na matriz de dados está relacionado com o fator umidade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.02.2007
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IB12000023630D-1247 EX.REVISADO
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SCARAMUZZA, Carlos Alberto de Mattos; MANTOVANI, Waldir. Flora e ecologia dos campos de Itararé, São Paulo, Brasil. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-04092007-155115/ >.
    • APA

      Scaramuzza, C. A. de M., & Mantovani, W. (2007). Flora e ecologia dos campos de Itararé, São Paulo, Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-04092007-155115/
    • NLM

      Scaramuzza CA de M, Mantovani W. Flora e ecologia dos campos de Itararé, São Paulo, Brasil [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-04092007-155115/
    • Vancouver

      Scaramuzza CA de M, Mantovani W. Flora e ecologia dos campos de Itararé, São Paulo, Brasil [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-04092007-155115/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: