Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A categoria do tempo na língua espanhola: uma abordagem semiótica (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GOMEZ, SERAFINA VALLEJO - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Subjects: LÍNGUA ESPANHOLA; TEMPOS VERBAIS; ENUNCIADOS
  • Language: Português
  • Abstract: Aceitando que existe um tempo lingüístico distinto do tempo físico ou do tempo cronológico, este trabalho visa o estudo do sistema temporal no español utilizando como modelo teórico as propostas de José Luiz Fiorin em As astúcias da enunciação. Desde o ponto de vista da teoria semiótica, adotada no presente trabalho, o sentido constrói-se por um percurso gerativo em três níveis: fundamental, narrativo e discursivo. A enunciação, como ato produtor de um enunciado, é a instância encarregada de instaurar no nível discursivo as categorias de pessoa, tempo e espaço. A partir do momento da enunciação estabelecem-se três momentos de referência, um momento de referência concomitante e dois não concomitantes com o momento da enunciação, o momento de referência da anterioridade e o momento de referência da posterioridade. Por sua vez cada um desses momentos de referência desdobram-se em momentos do acontecimento, igualmente concomitantes e não concomitantes (anteriores e posteriores). Os tempos verbais que exprimem a relação de concomitância configuram o sistema enunciativo e os tempos que explicam a relação de não concomitância com o momento da enunciação conformam o sistema enuncivo. São estudadas as relações dos tempos verbais do español a respeito do momento da enunciação e as diferentes posições que ocupam nos sistemas tanto enuncivo quanto enunciativo, os usos fundamentais e as possíveis neutralizações em determinados contextos ou em função da intenção do enunciador. Averificação do modelo teórico se faz extensiva às mudanças ocorridas tanto no estilo direto, o narrador delega a voz a um interlocutor, quanto no estilo indireto, na passagem de dois momentos de enunciação para um só. Não serão esquecidas as correlações temporais e as relações que os tempos do subjuntivo estabelecem com o verbo principal e, portanto, com o momento de referência dele
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.05.2007
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH20900017411T GOMEZ,SERAFINA VALLEJO 2007
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GÓMEZ, Serafina Vallejo; PIETROFORTE, Antonio Vicente Seraphim. A categoria do tempo na língua espanhola: uma abordagem semiótica. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-13112007-105202/ >.
    • APA

      Gómez, S. V., & Pietroforte, A. V. S. (2007). A categoria do tempo na língua espanhola: uma abordagem semiótica. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-13112007-105202/
    • NLM

      Gómez SV, Pietroforte AVS. A categoria do tempo na língua espanhola: uma abordagem semiótica [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-13112007-105202/
    • Vancouver

      Gómez SV, Pietroforte AVS. A categoria do tempo na língua espanhola: uma abordagem semiótica [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-13112007-105202/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: