Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Caracterização celular e diagnóstico molecular de doenças marcadas por alterações pigmentares associadas a disfunções neurológicas ou imunológicas (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MESCHEDE, INGRID PORPINO - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: BIOLOGIA MOLECULAR; BIOLOGIA CELULAR
  • Language: Português
  • Abstract: A Síndrome de Griscelli (SG) é uma desordem autossômica recessiva que se apresenta em três subtipos, SG-1, SG-2 e SG-3, causados por mutações nos genes MYO5A, RAB27A e MLPH, respectivamente. Os três subtipos são reconhecidos por hipopigmentação da pele e uma típica coloração cinza-prateada dos pêlos, mas enquanto a SG-3 se restringe a este fenótipo, a SG-1 está associada a desordens neurológicas primárias graves, e a SG-2, à imunodeficiência combinada à síndrome hemofagocítica, que culmina em infiltração leucocitária em orgãos vitais e morte do paciente. No presente trabalho, reportamos 6 pacientes brasileiros: G.C e L.C (irmãos gêmeos) e M.S, com características clínicas de SG-2; F.O e L.O (irmãos) com sintomatologia característica de SG-1; além de um paciente, L.R, com uma imunodeficiência cujo seqüenciamento do gene RAB27A permitiu descartar o diagnóstico de SG-2. Análises microscópicas de fios de cabelo e biópsia de pele desses pacientes, com exceção de L.R, revelaram a presença de aglomerados de pigmento típicos de SG. Análise molecular revelou que G.C/L.C e M.S carregam uma mutação homozigótica no gene RAB27A, mapeada como c.550C>T (R184X) e c.467+1G>C (G156fs), respectivamente, sendo que a mutação nos pacientes G.C/L.C não afeta a expressão de rnRNA para RAB27A ou MYO5A, mas leva à ausência da proteína RAB27 A mutante. Para F .0, o seqüenciamento da região codificadora do gene MYO5A não revelou a presença de mutação. Entretanto, embora os níveis deexpressão do rnRNA MYO5A pareçam normais, os níveis da proteína, de acordo com dois anticorpos policlonais contra a mio sina- Va, se mostraram reduzidos ou ausentes em fibroblastos cultivados desse paciente em comparação a fibroblastos estabelecidos de um doador sadio, sugerindo uma possível falha na tradução ou instabilidade pós-traducional da proteína. Apesar disso, os fibroblastos do paciente apresentaram marcação para um anticorpo monoclonal para a mosma-'Va POT. fosfoS1650'que marca partículas nucleares com características de "speckles", mas estas parecem estar em menor número nas células do paciente. Esta marcação pode ser explicada por reação cruzada desse anticorpo, uma vez que ambas as parálogas miosina-Vb e miosina-Vc foram detectadas nestes fibroblastos. Sumarizando, os estudos mostrados aqui permitiram esclarecer o diagnóstico molecular de 3 pacientes, sendo que em um dos casos foi determinante para garantir a indicação de transplante de medula óssea como única medida para salvar a vida da criança. Em outro caso contribuiu para descartar hipótese diagnóstica de SG. Finalmente, este trabalho permitiu a obtenção de culturas celulares que poderão ser utilizadas em futuros estudos para esclarecer a mutação nos pacientes F O/L.O, além permitir melhor compreensão do papel dessas fosfomiosinas no núcleo celular e das vias moleculares envolvidas nessas desordens
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.06.2007

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200033835Meschede, Inglid Porpino
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MESCHEDE, Ingrid Porpino; ESPREAFICO, Enilza Maria. Caracterização celular e diagnóstico molecular de doenças marcadas por alterações pigmentares associadas a disfunções neurológicas ou imunológicas. 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007.
    • APA

      Meschede, I. P., & Espreafico, E. M. (2007). Caracterização celular e diagnóstico molecular de doenças marcadas por alterações pigmentares associadas a disfunções neurológicas ou imunológicas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Meschede IP, Espreafico EM. Caracterização celular e diagnóstico molecular de doenças marcadas por alterações pigmentares associadas a disfunções neurológicas ou imunológicas. 2007 ;
    • Vancouver

      Meschede IP, Espreafico EM. Caracterização celular e diagnóstico molecular de doenças marcadas por alterações pigmentares associadas a disfunções neurológicas ou imunológicas. 2007 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: