Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Xanthomonas spp. causadoras de mancha bacteriana do tomateiro (Lycopersicon esculentum Mill.): detecção em sementes e diferenciação (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RABALHO, ALESSANDRA APARECIDA - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LEF
  • Subjects: BACTÉRIAS FITOPATOGÊNICAS; FITOSSANIDADE; GENES; MANCHA BACTERIANA; MEIOS DE CULTURA; REAÇÃO EM CADEIA POR POLIMERASE; SEMENTES; TOMATE
  • Language: Português
  • Abstract: O tomateiro é a segunda hortaliça em importância econômica no mundo, sendo uma das culturas mais exigentes em cuidados fitossanitários, devido ao grande número de doenças que a acometem e pela elevada capacidade destrutiva e difícil controle dos patógenos. A mancha-bacteriana, causada por espécies do gênero Xanthomonas (X. euvesicatoria, X. gardneri, X. vesicatoria e X. perforans), é uma das mais importantes doenças do tomateiro estaqueado ou rasteiro, que afeta a planta em qualquer estádio de desenvolvimento, podendo ocorrer em toda parte aérea, provocando redução em quantidade e qualidade da produção. Para diminuir a disseminação do patógeno e determinar medidas de controle nas áreas de cultivo, é importante que haja a detecção eficiente do patógeno em plantas e sementes. Assim, existe a necessidade de análises que possibilitem detectar bactérias em sementes, especialmente quando o nível de infecção ou incidência é muito baixo. O objetivo deste trabalho foi desenvolver métodos de detecção e diferenciação de Xanthomonas spp. em sementes de tomate. Desenvolveu-se um meio semi-seletivo, constituído por dextrose (5,0 g/L), NaCl (5,0 g/L), KH2PO4 (1,4 g/L), K2HPO4 (3,6 g/L), extrato de carne (1,0 g/L), peptona (5,0 g/L), extrato de levedura (2,0 g/L), cefaclor (40,0 mg/L), nistatina (50,0 mg/L), benomil (10,0 mg/L) e ágar (14,0 g/L), que mostrou baixa repressividade a Xanthomonas spp. e supressividade moderada aos microrganismos não-alvos associados a sementesde tomate e elevada sensibilidade, além de baixo custo. Por PCR-RFLP de um fragmento do gene rpoB, foi possível diferenciar as diferentes espécies causadoras da mancha-bacteriana em tomateiro
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.05.2007
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500042424t635.642 R112x e.2 89902
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RABALHO, Alessandra Aparecida; MENTEN, Jose Otavio Machado. Xanthomonas spp. causadoras de mancha bacteriana do tomateiro (Lycopersicon esculentum Mill.): detecção em sementes e diferenciação. 2007.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-03082007-160427/ >.
    • APA

      Rabalho, A. A., & Menten, J. O. M. (2007). Xanthomonas spp. causadoras de mancha bacteriana do tomateiro (Lycopersicon esculentum Mill.): detecção em sementes e diferenciação. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-03082007-160427/
    • NLM

      Rabalho AA, Menten JOM. Xanthomonas spp. causadoras de mancha bacteriana do tomateiro (Lycopersicon esculentum Mill.): detecção em sementes e diferenciação [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-03082007-160427/
    • Vancouver

      Rabalho AA, Menten JOM. Xanthomonas spp. causadoras de mancha bacteriana do tomateiro (Lycopersicon esculentum Mill.): detecção em sementes e diferenciação [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-03082007-160427/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: