Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Consumo do palmito juçara (Euterpe edulis Mart.) por macacosprego (Cebus nigritus): estratégia de forrageamento ótimo ou requinte de um gourmet ?: estratégia de forrageamento ótimo ou requinte de um gourmet? (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: TAIRA, JULIANA TIEME - IP
  • USP Schools: IP
  • Subjects: MACACOS PREGO; COMPORTAMENTO DE FORRAGEAMENTO ANIMAL; COMPORTAMENTO EXPLORATÓRIO ANIMAL
  • Language: Português
  • Abstract: Dentre os primatas do Novo Mundo, os macacos-prego são representantes importantes da onivoria, pois possuem uma dieta bastante flexível. No entanto, apesar de generalistas, concentram sua dieta principalmente em frutos maduros e insetos, adotando recursos abundantes e uniformemente distribuídos no habitat como recurso alternativo ante a escassez dos principais itens da dieta. A escolha do item alternativo parece obedecer aos pressupostos da teoria de forrageamento ótimo, isto é, um balanço entre os custos de obtenção do recurso e o benefício nutricional adquirido. Baseada na estratégia de forrageamento de macacos-prego (Cebus nigritus) e diante das características de distribuição da população da palmeira Euterpe edulis na Mata Atlântica, com oferta abundante, o objetivo do presente trabalho foi investigar por que e como se dá a exploração da palmeira E. edulis para obtenção do palmito pela população de macacos-prego do Parque Estadual Carlos Botelho. Os resultados mostraram que os macacos empregam uma estratégia de forrageamento ótimo para selecionar as palmeiras para obtenção do palmito, concentrando-se na classe de tamanho que oferece a melhor relação entre custo de extração e quantidade de creme de palmito obtido. Também foi encontrada uma associação negativa entre a freqüência do consumo de palmito e a proporção de tempo forrageando por inseto e a oferta de insetos no habitat, indicando que o palmito é utilizado como fonte protéica alternativa. Noentanto, o consumo do palmito foi muito baixo, considerando-se sua oferta abundante no habitat, provavelmente porque bromélias, outro recurso abundante e de muito mais fácil obtenção, também são alternativa a insetos. O consumo ocasional de palmitos deve ser uma estratégia, típica de generalistas, de amostrar outros recursos, garantindo uma opção em caso de mudanças drásticas do ambiente que possam reduzir a oferta dos recursos mais comuns. Em conclusão, o consumo do palmito por macacos-prego na Mata Atlântica pode ser explicado pela teoria de otimização, mas também sugere que os macacos comem o palmito como uma iguaria saborosa
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.03.2007

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IP12300017350T QL737.P925 T129c e.1
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TAIRA, Juliana Tieme; IZAR, Patrícia. Consumo do palmito juçara (Euterpe edulis Mart.) por macacosprego (Cebus nigritus): estratégia de forrageamento ótimo ou requinte de um gourmet ?: estratégia de forrageamento ótimo ou requinte de um gourmet?. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.
    • APA

      Taira, J. T., & Izar, P. (2007). Consumo do palmito juçara (Euterpe edulis Mart.) por macacosprego (Cebus nigritus): estratégia de forrageamento ótimo ou requinte de um gourmet ?: estratégia de forrageamento ótimo ou requinte de um gourmet?. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Taira JT, Izar P. Consumo do palmito juçara (Euterpe edulis Mart.) por macacosprego (Cebus nigritus): estratégia de forrageamento ótimo ou requinte de um gourmet ?: estratégia de forrageamento ótimo ou requinte de um gourmet? 2007 ;
    • Vancouver

      Taira JT, Izar P. Consumo do palmito juçara (Euterpe edulis Mart.) por macacosprego (Cebus nigritus): estratégia de forrageamento ótimo ou requinte de um gourmet ?: estratégia de forrageamento ótimo ou requinte de um gourmet? 2007 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: