Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Papel do sistema endócrino na reprodução e divisão de trabalho em operárias de Melipona quadrifasciata (Apidae: Meliponini) (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTANA, WEYDER CRISTIANO - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Subjects: ABELHAS; APIDAE; INSETOS SOCIAIS; ENTOMOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Vitelogenina (Vg) é incorporada dentro dos oócitos em crescimento nos insetos via endocitose mediada por receptores e é estocada dentro dos ovos como maior proteína do vitelo. Os objetivos do presente estudo foram analisar a expressão do gene vg e quantificar o homônio juvenil (HJ) e as proteínas na hemolinfa de operárias de Melipona quadrifasciata em relação à reprodução e divisão de trabalho. Uma alta quantidade de RNAm de vg foi detectada em operárias que receberam uma dieta rica em proteína, enquanto que uma dieta pobre em proteína foi associada com um decréscimo na quantidade de RNAm de vg, sugerindo que uma dieta rica em proteína (pólen) é fundamental para a ativação dos ovários das operárias nesta abelha sem ferrão. A aplicação de análogo de honnônio juvenil Pyriproxifen (PPN) resultou num decréscimo no RNAm de vg no corpo gorduroso, mas não causou um declínio nos títulos da proteína Vg na hemolinfa. Os títulos de HJ na hemolinfa de operárias recém-emergidas, nutridoras e forrageiras não mostraram diferenças significantes, indicando que este hormônio não está intimamente relacionado ao polietismo etário em operárias adultas de M quadrifasciata. Em operárias coletadas durante um evento de enxameação, nós pudemos observar que um elevado título de HJ na hemolinfa de operárias com ovários ativados está correlacionado com altos títulos de Vg. Quando colônias foram suplementadas com pólen adicional, notamos que estas foram capazes de produzir crias demachos continuamente, independentemente da variação na disponibilidade de alimento no ambiente. Uma vez que os machos são oriundos de ovos haplóides não fertilizados, muitos desses machos podem ser filhos de operárias, significando que as operárias podem ajustar seus componentes do fitness de acordo com o recurso de pólen disponível e, podem assim, alterar a razão sexual na colônia. Esses resultados indicam um alto grau de plasticidade comportamental em operárias M. quadrifasciata, que é, aparentemente, relacionada às condições sociais, por um lado, e pela disponibilidade de dieta de pólen, por outro. Nossos resultados contribuem para clarear a relação entre disponibilidade de pólen, regulação hormonal e polietismo etário em espécies nativas, e podem contribuir para estudos comparativos em outras espécies de abelhas sem ferrão
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.09.2007

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCLRP20800026725Santana, Weyder Cristiano
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTANA, Weyder Cristiano; HARTFEDER, Klaus Hartmann. Papel do sistema endócrino na reprodução e divisão de trabalho em operárias de Melipona quadrifasciata (Apidae: Meliponini). 2007.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007.
    • APA

      Santana, W. C., & Hartfeder, K. H. (2007). Papel do sistema endócrino na reprodução e divisão de trabalho em operárias de Melipona quadrifasciata (Apidae: Meliponini). Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Santana WC, Hartfeder KH. Papel do sistema endócrino na reprodução e divisão de trabalho em operárias de Melipona quadrifasciata (Apidae: Meliponini). 2007 ;
    • Vancouver

      Santana WC, Hartfeder KH. Papel do sistema endócrino na reprodução e divisão de trabalho em operárias de Melipona quadrifasciata (Apidae: Meliponini). 2007 ;