Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise do transcritoma da regiAo cambial de Eucalyptus grandis e a identificação de genes diferencialmente expressos em árvores juvenis e adultas (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CALDAS, DANIELLE GREGORIO GOMES - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Subjects: EUCALIPTO; EXPRESSÃO GÊNICA; MADEIRA (QUALIDADE); MELHORAMENTO GENÉTICO VEGETAL; XILEMA
  • Language: Português
  • Abstract: O Brasil é hoje o maior produtor mundial de papel e celulose à partir de fibra curta de Euca/yptus, com um setor florestal bem desenvolvido e estabelecido, que gera muitos empregos e divisas ao país. A madeira utilizada pelas indústrias brasileiras é exclusivamente obtida de florestas plantadas, sendo que 1,27 milhões de hectares correspondem a plantações de Eucalyptus. Durante muitos anos, os programas de melhoramento genético exploraram as características de altas taxas de crescimento, produção de biomassa e adaptabilidade deste gênero para alcançar uma alta produtividade, que hoje é de 45 rn Entretanto, a demanda do mercado nacional e internacional por madeira de Eucalyptus é crescente. Para manter a competitividade do setor, torna-se necessária a busca por urna madeira de melhor qualidade, que leve a uma maior eficiência na produção de papel e celulose. O conhecimento dos processos que levam à formação da madeira, um tecido que se diferencia a partir do câmbio vascular, certamente irá contribuir para que essa qualidade superior da madeira seja alcançada. As arvores só apresentam as características desejadas pela indústria quando adultas, entretanto, o Eucalyptus é cortado ainda em fase juvenil de desenvolvimento. Portanto, o objetivo deste trabalho foi traçar um perfil transcricional da região cambial de Eucalyptus grcindis em fase juvenil de desenvolvimento e, com as informações geradas, comparar a expressão de alguns genes envolvidos naformação da madeira entre a região cambial de árvores juvenis e adultas. A técnica SAGE foi utilizada para construção de uma biblioteca que gerou 22660 íags, das quais 2942 representavam tags únicas com número de cópias igual ou maior que 2. Dessas, 874 puderam ser associadas a uma provável função e classificadas em categorias funcionais. O SAGE permitiu o acesso a genes com baixos níveis de expressão, a identificação de potenciais transcritos anti sense e alternativos, ) e revelou a presença de muitas sequências ainda não caracterizadas. Os dados obtidos foram organizados, também, nas principais vias responsáveis por cada fase da diferenciação que ocorre na xilogênese. Os genes que codificam as principais enzimas responsáveis pela expansão celular, deposição de parede celular secundária e lignificação foram encontrados, e seus níveis de expressão indicaram as prováveis vias metabólicas utilizadas pelas células da região cambial de E. grandis para produzir madeira juvenil. Os dados de expressão gênica obtidos com o SAGE foram validados através de RT-PCR em tempo real. Vinte e cinco genes envolvidos com a expansão celular, biossíntese de celulose e hemicelulose, deposição de parede secundária, lignificação e metabolismo foram selecionados para uma comparação entre as regiões cambiais de árvores juvenis e adultas de E. grandis através de RT-PCR em tempo real. Os resultados mostraram que existe uma expressão diferencial entre idades, sendo que 15 genes foram maisexpressos nas árvores juvenis e 6 mais expressos nas árvores adultas. A caracterização quantitativa dos genes expressos na região cambial de E. grandis constitui, portanto, uma grande fonte de informação que pode direcionar para diferentes enfoques relacionados ao complexo processo de biossíntese da madeira
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.09.2007

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500048801t634.9734 C145a e.2 90702
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CALDAS, Danielle Gregorio Gomes; LABATE, Carlos Alberto. Análise do transcritoma da regiAo cambial de Eucalyptus grandis e a identificação de genes diferencialmente expressos em árvores juvenis e adultas. 2007.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2007.
    • APA

      Caldas, D. G. G., & Labate, C. A. (2007). Análise do transcritoma da regiAo cambial de Eucalyptus grandis e a identificação de genes diferencialmente expressos em árvores juvenis e adultas. Universidade de São Paulo, Piracicaba.
    • NLM

      Caldas DGG, Labate CA. Análise do transcritoma da regiAo cambial de Eucalyptus grandis e a identificação de genes diferencialmente expressos em árvores juvenis e adultas. 2007 ;
    • Vancouver

      Caldas DGG, Labate CA. Análise do transcritoma da regiAo cambial de Eucalyptus grandis e a identificação de genes diferencialmente expressos em árvores juvenis e adultas. 2007 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: