Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Manejo da fertirrigação em ambiente protegido visando o controle da salinidade para a cultura do pepino enxertado (2008)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MEDEIROS, PEDRO RÓBINSON FERNANDES DE - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LER
  • Subjects: CULTIVO PROTEGIDO; FERTILIZANTES; FERTIRRIGAÇÃO; PEPINO; SOLO SALINO; SOLOS (PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS)
  • Language: Português
  • Abstract: Com o intuito de contribuir para os estudos referentes à tolerância e efeitos da salinidade causada por excesso de fertilizantes nas principais culturas exploradas nacionalmente, o presente trabalho teve como objetivos estudar os efeitos de diferentes níveis de salinidade do solo sobre as variáveis fenológicas e de produção do pepino cultivado em vasos e em ambiente protegido, e averiguar se a manutenção da condutividade elétrica em um determinado nível promove incremento da produção quando contrastada com o manejo tradicional da fertirrigação. Este estudo foi conduzido na experimental do Departamento de Engenharia Rural da ESALQ/USP, Piracicaba, SP. Os tratamentos foram compostos da combinação de dois fatores: 6 níveis de salinidade inicial do solo (S1 = 1,5; S2 = 2,5; S3 = 3,5; S4 = 4,5; S5 = 5,5 e S6 = 6,5 dS m-1) e dois manejos de fertirrigação: tradicional (M1) e com controle da condutividade elétrica da solução do solo (M2). O delineamento estatístico adotado foi o de blocos casualizados completos com quatro repetições, ficando os fatores estudados arranjados no esquema fatorial 6 x 2. A salinização inicial do solo se procedeu por meio da aplicação de soluções salinas preparadas a partir de fertilizantes, sendo que a quantidade de sais a ser adicionada foi determinada tomando por base uma curva de salinização artificial obtida previamente em laboratório. A condutividade elétrica da solução foi medida após o término de cada evento de irrigação,utilizando-se extratores com cápsulas porosas. Os resultados mostram que houve efeito significativo, para todos os fatores estudados e para variáveis respostas estudadas, com exceção da variável altura de plantas. O manejo M1 proporcionou uma maior produção de frutos por planta, total e comercial, em relação ao manejo M2. Embora a literatura cite que a cultura do pepino seja moderadamente sensível a salinidade, o valor ) encontrado para a salinidade limiar (SL), sob condições do referente estudo, ficou bem acima dos níveis encontrados na literatura
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.01.2008
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500049079t635.63 M488m e.2 91460
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MEDEIROS, Pedro Róbinson Fernandes de; DUARTE, Sergio Nascimento. Manejo da fertirrigação em ambiente protegido visando o controle da salinidade para a cultura do pepino enxertado. 2008.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11143/tde-22022008-151414/ >.
    • APA

      Medeiros, P. R. F. de, & Duarte, S. N. (2008). Manejo da fertirrigação em ambiente protegido visando o controle da salinidade para a cultura do pepino enxertado. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11143/tde-22022008-151414/
    • NLM

      Medeiros PRF de, Duarte SN. Manejo da fertirrigação em ambiente protegido visando o controle da salinidade para a cultura do pepino enxertado [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11143/tde-22022008-151414/
    • Vancouver

      Medeiros PRF de, Duarte SN. Manejo da fertirrigação em ambiente protegido visando o controle da salinidade para a cultura do pepino enxertado [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11143/tde-22022008-151414/