Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A postura docente diante dos ciclos de aprendizagem (2007)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CUNHA, ISABELA BILECKI DA - FE
  • USP Schools: FE
  • Sigla do Departamento: EDM
  • Subjects: ENSINO E APRENDIZAGEM; PRÁTICA DE ENSINO; ESCOLA PÚBLICA; ENSINO FUNDAMENTAL; FRACASSO ESCOLAR; POLÍTICAS PÚBLICAS
  • Language: Português
  • Abstract: A partir da análise de pesquisas sobre as propostas de ciclos e progressão continuada no Brasil, foi realizado um estudo de caso em uma escola da rede pública municipal de São Paulo ao longo do ano letivo de 2006. Segundo a revisão de estudos, a postura dos docentes se mostra um dos aspectos vitais para a implementação de medidas de não repetência em diferentes redes de ensino. Para os estudiosos, a discordância em relação aos ciclos, manifesta por grande parte dos professores, fez com que estes mantivessem práticas caracterizadas pelo regime seriado. Isso constituiria um complicador para a efetivação de propostas que visam essencialmente a flexibilização dos tempos e espaços escolares, como forma de superar o fracasso escolar de alunos na rede pública. Esta pesquisa teve como objetivo revelar a postura dos docentes a partir de suas práticas e das reflexões que fazem sobre seu trabalho, inserido num contexto de ciclos. O trabalho de campo realizou-se por meio de observação participante, análise documental e de entrevistas semi-estruturadas com sete professoras do primeiro ciclo do ensino fundamental. A pesquisa aborda aspectos da prática docente como o planejamento curricular, a avaliação dos alunos, as relações de poder na escola, o trabalho coletivo, a formação docente e os projetos implementados na rede de ensino no ano da realização do trabalho de campo. Verificou-se que os docentes, a despeito de serem em geral contrários à proposta de ciclos, têm, aolongo dos anos, mudado a postura em relação aos alunos diante das novas realidades criadas pelos ciclos, reconstruindo suas práticas como forma de adaptar antigas concepções de ensino à estrutura que foi gerada. Essas mudanças partem da necessidade de atender os alunos com dificuldades de aprendizagem, incluídos no sistema de ensino a partir da implantação do regime de ciclos. A análise revela que as condições de ) trabalho não têm contemplado demandas importantes como a formação docente, a participação da comunidade escolar, a articulação do trabalho coletivo e a criação de instrumentos de apoio aos alunos nos diferentes anos do ensino fundamental.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.12.2007
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FE20500065881379.33(81.61) C972p
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CUNHA, Isabela Bilecki da; BARRETTO, Elba Siqueira de Sá. A postura docente diante dos ciclos de aprendizagem. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-22022008-145844/ >.
    • APA

      Cunha, I. B. da, & Barretto, E. S. de S. (2007). A postura docente diante dos ciclos de aprendizagem. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-22022008-145844/
    • NLM

      Cunha IB da, Barretto ES de S. A postura docente diante dos ciclos de aprendizagem [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-22022008-145844/
    • Vancouver

      Cunha IB da, Barretto ES de S. A postura docente diante dos ciclos de aprendizagem [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-22022008-145844/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: