Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação da expressão dos receptores de estradiol e progesterona em neurônios catecolaminérgicos do hipotálamo e locus coeruleus de ratas em estro: possível relevância no controle da secreção de prolactina (2008)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LEITE, CRISTIANE MOTA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFI
  • Subjects: PROLACTINA; ESTRADIOL; HORMÔNIOS PROGESTACIONAIS; RECEPTORES (AVALIAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: Recentemente descrevemos a existência de um pico secundário de prolactina (PRL) na tarde do estro. Embora os estrógenos sejam o principal hormônio a induzir a liberação de PRL, nenhum aumento das concentrações plasmáticas de estradiol foi detectado previamente ou durante o pico secundário. A secreção de PRL é tonicamente inibida pela dopamina de origem hipotalâmica enquanto a noradrenalina parece ser importante facilitadora na gênese do pico de PRL. Estudos prévios deste laboratório demonstraram um aumento no número de receptores para o estradiol do tipo alfa (ER‘alfa’) às 16 h do estro na área pré-óptica (APO) e no núcleo noradrenérgico locus coeruleus (LC), sugerindo que este aumento possa funcionar como um mecanismo alternativo para facilitar gênese do pico secundário de PRL. Assim, o objetivo deste trabalho foi determinar o número de neurônios imunorreativos ao ER‘alfa’ e ao receptor para progesterona (PR; desde que estrógenos induzem síntese de receptores para a progesterona e que esta amplifica o pico de PRL induzido por estrógenos) nos neurônios dopaminérgicos dos núcleos arqueado (ARC), periventricular (Pe), A VPe (periventricular anteroventral), VMPO (pré-óptico ventromedial) e no núcleo noradrenérgico LC durante o dia do estro. Ratas ciclando foram perfundidas às 10, 12, 14, 16, 18 e 20 h do estro. Após a anestesia e imediatamente antes do início da perfusão, uma amostra de sangue foi retirada do ventrículo para a dosagem de estradiol eprogesterona por radioimunoensaio. Cortes seriados de 20 ‘mü’m do ARC, Pe, A VPe, VMPO e LC foram obtidos em criostato. As secções contendo essas regiões foram submetidas à dupla marcação imunohistoquímica para ER ‘alfa’ e tirosina hidroxilase (TH) ou para PR e TH. O número de neurônios imunorreativos à TH não variou significativamente no ARC, Pe, A VPe e VMPO. A expressão de ER ‘alfa’ aumentou às 14 h e 16 h nas porções rostral-ARC, dorsomedial-ARC e no LC. Na porção caudal-ARC esse aumento foi observado às 14 h e no VMPO às 16 h; contudo, na porção ventrolateral-ARC, no Pe e no A VPe, a expressão de ER‘alfa’ permaneceu inalterada. A expressão de PR nos neurônios imunorreativos à TH diminuiu gradativamente no , rostral-ARC, dorsomedial-ARC, ventrolateral-ARC, caudal-ARC, Pe e no LC, alcançando os menores percentuais entre 14 h e 16 h do estro; entretanto, ela não variou no A VPe e VMPO. As concentrações plasmáticas de estradiol e progesterona não variaram durante o dia do estro. Estes dados sugerem que variações na expressão de ER ‘alfa’ e PR nos neurônios dopaminérgicos do hipotálamo médio basal (HMB) e APO, bem como nos neurônios noradrenérgicos do LC, poderiam ser responsáveis por alterações na atividade desses neurônios, mesmo com concentrações plasmáticas baixas e constantes dos esteróides ovarianos, o que poderia facilitar a ocorrência e modular a magnitude do pico secundário de PRL
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.01.2008

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200035173Leite, Cristiane Mota
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LEITE, Cristiane Mota; ANSELMO-FRANCI, Janete Aparecida. Avaliação da expressão dos receptores de estradiol e progesterona em neurônios catecolaminérgicos do hipotálamo e locus coeruleus de ratas em estro: possível relevância no controle da secreção de prolactina. 2008.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2008.
    • APA

      Leite, C. M., & Anselmo-Franci, J. A. (2008). Avaliação da expressão dos receptores de estradiol e progesterona em neurônios catecolaminérgicos do hipotálamo e locus coeruleus de ratas em estro: possível relevância no controle da secreção de prolactina. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Leite CM, Anselmo-Franci JA. Avaliação da expressão dos receptores de estradiol e progesterona em neurônios catecolaminérgicos do hipotálamo e locus coeruleus de ratas em estro: possível relevância no controle da secreção de prolactina. 2008 ;
    • Vancouver

      Leite CM, Anselmo-Franci JA. Avaliação da expressão dos receptores de estradiol e progesterona em neurônios catecolaminérgicos do hipotálamo e locus coeruleus de ratas em estro: possível relevância no controle da secreção de prolactina. 2008 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: