Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Nutrição parenteral e avaliação microbiológica de cateteres venosos centrais, por meio de microscopia eletrônica de varredura (2008)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MACHADO, JULIANA DE CARVALHO - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: NUTRIÇÃO PARENTERAL; CATETERISMO VENOSO CENTRAL; MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE VARREDURA (AVALIAÇÃO;MICROFORMAS)
  • Language: Português
  • Abstract: O uso de cateteres venosos centrais (CVC) está amplamente difundido na prática clínica, pois possibilita a administração de nutrientes, medicamentos, emoderivados como também, a monitorização clínica de pacientes críticos. Porém, não está isento de complicações médicas e a infecção relacionada ao seu uso é uma das mais freqüentes e temidas. A Divisão de Nutrologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto é responsável pela equipe de Terapia Nutricional deste serviço atendendo pacientes que necessitam, por algum motivo, de nutrição parenteral. Como a maioria destes pacientes é desnutrida, a infecção relacionada ao cateter é fator complicador importante e algumas vezes é assintomática. O objetivo deste estudo foi, então, mostrar, através do método de microscopia eletrônica de varredura (MEV), a presença de microorganismos aderidos ao lúmen do CVC utilizados para terapia nutricional parenteral. Esta colonização do CVC pode determinar e manter o quadro infeccioso, nem sempre diagnosticado. Foram analisados, através de cultura semiquantitativa e de MEV, um total de 39 CVC, pertencentes aos seguintes grupos: grupo 1 (pacientes com sinais clínicos de infecção); grupo 2 (pacientes ;sintomáticos), grupo 3 (monitorização clínica) e grupo 4 (sem uso clínico). Apesar do grupo 1 apresentar culturas semiquantitativas mais positivas do que as grupo 2 e 3 ( 81% versus 50% e 0%, respectivamente), observamos, porém, que houve formaçãode biofilmes em todos os cateteres utilizados clinicamente e, destes, 55% tinham estruturas biológicas que sugeriam colonização dos cateteres por microorganismos. Aproximadamente 53% das infecções dos cateteres ;tavam relacionadas com infecções sistêmicas, confirmadas por hemoculturas. A Jerência de microorganismos ao lúmen do cateter é freqüente e acarreta aumento na morbidade dos pacientes, principalmente, naqueles imunodeprimidos que necessitam de um acesso venoso central para terapia nutricional. São necessários técnicas de assepsia eficientes para o manuseio destes cateteres, além de técnicas que combatam ou impeçam a formação de biofilmes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.01.2008

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200035153Machado, Juliana de Carvalho
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MACHADO, Juliana de Carvalho; MARCHINI, Júlio Sérgio. Nutrição parenteral e avaliação microbiológica de cateteres venosos centrais, por meio de microscopia eletrônica de varredura. 2008.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2008.
    • APA

      Machado, J. de C., & Marchini, J. S. (2008). Nutrição parenteral e avaliação microbiológica de cateteres venosos centrais, por meio de microscopia eletrônica de varredura. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Machado J de C, Marchini JS. Nutrição parenteral e avaliação microbiológica de cateteres venosos centrais, por meio de microscopia eletrônica de varredura. 2008 ;
    • Vancouver

      Machado J de C, Marchini JS. Nutrição parenteral e avaliação microbiológica de cateteres venosos centrais, por meio de microscopia eletrônica de varredura. 2008 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: