Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Caracterização superficial e análise da resistência à corrosão de ligas de titânio em meios fluoretados (2008)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ENOKIBARA, FAUSTO - EESC
  • USP Schools: EESC
  • Sigla do Departamento: SEM
  • Subjects: TITÂNIO; CORROSÃO DOS MATERIAIS; SALIVA ARTIFICIAL; PH DE MATERIAIS DENTÁRIOS; FLUORETO
  • Language: Português
  • Abstract: O titânio e suas ligas são empregados em odontologia por apresentarem propriedades como excelente resistência à corrosão e biocompatibilidade. Embora a liga de titânio Ti-6Al-4V seja uma das mais utilizadas, estudos recentes contestam a biocompatibilidade do alumínio e do vanádio. Esse fato tem motivado a busca por outras ligas de titânio, como as ligas do sistema Ti-Mo. Este trabalho avalia a resistência à corrosão da liga Ti-10Mo, comparativamente à liga Ti-6Al-4V, em diferentes meios fisiológicos. Estuda a influência exercida por um meio similar à saliva, além de avaliar o comportamento devido à presença de íons fluoreto e de um meio ácido. A relação entre resistência à corrosão e porcentagem de molibdênio das ligas do sistema Ti-Mo foi analisada através da comparação entre as ligas Ti-10Mo e Ti-7,5Mo. Foi verificado também o motivo pelo qual o aço inoxidável austenítico AISI 316L, utilizado em implantes ortopédicos, não possui aplicação em implantes odontológicos. O comportamento dos óxidos formados nas ligas Ti-6Al-4V e Ti-10Mo nos eletrólitos estudados foi avaliado através das técnicas de EDX e XPS. Os resultados mostram que a resistência à corrosão das ligas de titânio estudadas tornam possível sua utilização em implantes dentários desde que obedeçam requisitos como a biocompatibilidade, mas a influência dos íons fluoreto e baixos valores de pH tornam-nas suscetíveis à corrosão. A avaliação superficial mostrou que existe uma variedade de óxidospara as ligas Ti-6Al-4V e Ti-10Mo antes da polarização. Após a polarização, a liga Ti-6Al-4V apresenta somente o óxido TiO2 enquanto que a liga Ti-10Mo apresenta uma variedade de óxidos de molibdênio permitindo uma melhor resistência à corrosão nesta condição
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.04.2008

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EESC31100109211TESE 6636
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ENOKIBARA, Fausto; CANALE, Lauralice de Campos Franceschini. Caracterização superficial e análise da resistência à corrosão de ligas de titânio em meios fluoretados. 2008.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2008.
    • APA

      Enokibara, F., & Canale, L. de C. F. (2008). Caracterização superficial e análise da resistência à corrosão de ligas de titânio em meios fluoretados. Universidade de São Paulo, São Carlos.
    • NLM

      Enokibara F, Canale L de CF. Caracterização superficial e análise da resistência à corrosão de ligas de titânio em meios fluoretados. 2008 ;
    • Vancouver

      Enokibara F, Canale L de CF. Caracterização superficial e análise da resistência à corrosão de ligas de titânio em meios fluoretados. 2008 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: