Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo dos fatores que condicionam acidez elevada em leite humano: aspectos microbiológicos e nutricionais (2008)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SCARSO, ISIS SABRINA - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LAN
  • Subjects: ALEITAMENTO MATERNO; MICROBIOLOGIA DE ALIMENTOS; NUTRIÇÃO DA MÃE
  • Language: Português
  • Abstract: Foram analisadas 72 amostras de leite humano cru recebidas do Banco de Leite do Conjunto Hospitalar de Sorocaba, com valores de acidez conhecidos. Quarenta e oito delas tinham acidez aceitável (até 8º D) e outras 24 amostras com acidez acima desse limite. Foram realizadas contagens bacterianas: bactérias lácticas, lipolíticas, coliformes totais e fecais, microrganismos aeróbios mesófilos totais e Staphylococcus coagulase positiva. Quarenta e nove questionários de freqüência alimentar foram aplicados em lactantes doadoras de leite com o propósito de estabelecer correlação entre microbiologia, acidez e nutrição das lactantes. Nas amostras com valor de acidez < 8°D as populações microbianas encontradas foram: para o grupo dos microrganismos mesófilos aeróbios totais e bactérias lácticas a população máxima encontrada ficou na ordem de 106 UFC/mL. Já para bactérias lipolíticas este valor não ultrapassou 1,9x105UFC/mL. Os coliformes totais foram isolados em 47,2% (34 amostras) das amostras analisadas, destas 87,5% confirmaram também a presença de E.coli. Para Staphylococcus coagulase positiva o valor máximo encontrado foi 1x104 UFC/mL e foi similar às amostras ácidas e não ácidas. Nas amostras rejeitadas (acidez > 8ºD) as contagens máximas tanto para o grupo de mesófilos como de bactérias lácticas foram da ordem 107 UFC/mL. As bactérias lipolíticas foram encontradas em 53,52% (13 amostras) do total de amostras analisadas e o grupo dos coliformes foidetectado em 52,94% das amostras ácidas, destas 33,33% apresentaram crescimento de E. coli. Os dados foram avaliados pela correlação de Pearson entre as variáveis: população de microrganismos mesófilos aeróbios totais e acidez Dornic. O nível de significância foi estabelecido em p
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.08.2008
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SCARSO, Ísis Sabrina; PORTO, Ernani. Estudo dos fatores que condicionam acidez elevada em leite humano: aspectos microbiológicos e nutricionais. 2008.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-16092008-172715/ >.
    • APA

      Scarso, Í. S., & Porto, E. (2008). Estudo dos fatores que condicionam acidez elevada em leite humano: aspectos microbiológicos e nutricionais. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-16092008-172715/
    • NLM

      Scarso ÍS, Porto E. Estudo dos fatores que condicionam acidez elevada em leite humano: aspectos microbiológicos e nutricionais [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-16092008-172715/
    • Vancouver

      Scarso ÍS, Porto E. Estudo dos fatores que condicionam acidez elevada em leite humano: aspectos microbiológicos e nutricionais [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-16092008-172715/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019