Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação de co-produtos na alimentação de vacas leiteiras mantidas em pastagens tropicais durante a estação chuvosa e alimentadas no cocho durante a estação seca do ano (2008)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MARTINEZ, JUNIO CESAR - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LPA
  • Subjects: ALIMENTAÇÃO ANIMAL; BOVINOS LEITEIROS (DESEMPENHO); COMPORTAMENTO INGESTIVO ANIMAL; LEITE (PRODUÇÃO); PASTAGENS; RÚMEN (METABOLISMO)
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo teve por objetivo avaliar o uso de co-produtos na composição de concentrados fornecidos para vacas em lactação em pastagens de capim elefantes durante a estação chuvosa e alimentadas no cocho com cana-de-açúcar durante a estação seca. Todos os trabalhos foram conduzidos no Departamento de Zootecnia da ESALQ/USP, Piracicaba - SP. O primeiro experimento estudou a inclusão de 0, 14 e 34% de caroço de algodão na dieta de 16 vacas Holandesas alimentadas no cocho durante a estação seca e tendo cana-de-açúcar como base (62,7% da MS), em delineamento de QL 4x4 com quatro repetições. As análises estatísticas foram realizadas utilizando-se o procedimento GLM do SAS. Os tratamentos afetaram a produção e composição do leite, consumo de matéria seca e consumo de lipídios, mas não afetaram o peso vivo, condição corporal e parâmetros sanguíneos. Portanto, o caroço de algodão pode ser utilizado em dietas com cana-de-açúcar quando incluído em até 17% da MS total. O segundo experimento substituiu o milho moído fino em até 75% por farelo de glúten de milho no concentrado oferecido para vacas mantidas em pastagens tropicais durante a estação chuvosa. A pastagem foi adubada com 80 kg de N/ha para cada ciclo de pastejo que teve intervalo de desfolha de 23 dias. O delineamento estatístico adotado foi em Quadrado Latino 4 x 4 com quatro repetições das os dados de desempenho e comportamento ingestivo. O estudo avaliando metabolismo ruminal foi realizado com somente umQuadrado Latino. As análises estatísticas foram realizadas através dos procedimentos GLM e MANOVA do SAS (2002). Utilizou-se 16 animais da raça Holandesa com 485 kg de PV e 141 dias de lactação. Os tratamentos não afetaram a produção e a composição do leite, peso vivo e condição corporal, temperatura retal e freqüência respiratória, comportamento ingestivo e parâmetros sanguíneos. A cinética de degradação ) ruminal acusou maior degradação efetiva do FMG21em relação ao milho grão. Os tratamentos não afetaram a cinética de degradação da forragem. Os teores de AGV, amônia e pH ruminal não foram afetados pelos tratamentos. Assim, o FMG21 pode substituir até 75% do milho no concentrado de vacas em lactação mantidas e pastagens tropicais. O terceiro experimento substituiu o milho em 7, 14 e 21% de caroço de algodão no concentrado. Utilizou-se o mesmo protocolo apresentado no experimento anterior. Entretanto, utilizou0se 12 vacas multíparas Holandesa com 543 kg de PV e 142 dias de lactação e 4 vacas primíparas 1/2 Holandês/Jersey pesando 393 kg de PV e com 82 dias de lactação. Observou-se que o tratamento com 21% de caroço afetou a produção de leite. Peso vivo, condição corporal, temperatura retal e freqüência respiratória, comportamento ingestivo e parâmetros sanguíneos não foram afetados. Entretanto, a cinética de degradação ruminal do caroço diferiu do milho grão. O caroço apresentou menor degradação efetiva ruminal da MS em relação ao milho quandoincubado inteiro com linter (63,65 vs 11,93%) ou processado a 5 mm (63,65 vs 11,23%). Entretanto, quando processado a 2 mm, embora menor, a degradação do caroço muito se aproximou da degradação do milho (63,65 vs 52,75). Os níveis de caroço estudados não afetaram degradação da forragem. A concentração de amônia ruminal elevou-se e as concentrações AGV e pH não foram afetados. Concluiu-se que o caroço pode ser incluído em ate 14% da MS da ração total. O 4º experimento substituiu o milho em até 75% por farelo de trigo. O delineamento foi o mesmo apresentado no experimento três. Utilizou-se 12 vacas Holandesa com 553 kg de PV e 84 dias de lactação e 4 vacas mestiças com 392 kg de PV e 159 dias em lactação. Os tratamentos não afetaram a produção e a composição do leite, peso vivo e condição corporal, temperatura retal e freqüência ) respiratória, comportamento ingestivo e parâmetros sanguíneos. A cinética de degradação ruminal da MS do farelo de trigo apresentou maior degradação efetiva que o milho e os níveis do co-produto não afetou a degradação da forragem. Os teores de AGV, amônia e pH ruminal não foram afetados pelos tratamentos. Concluiu-se que o farelo de trigo pode substituir até 75% do milho. O quinto experimento substituiu o milho moído em até 75% por casca de soja. O delineamento foi o mesmo no experimento quatro. Utilizou-se 12 vacas Holandesa com 509 kg de PV e 91 dias de lactação e 4 vacas F1 com 389 kg de PV e 175 dias em lactação . Os tratamentos não afetaram aprodução e a composição do leite, peso vivo e condição corporal, temperatura retal e freqüência respiratória, comportamento ingestivo e parâmetros sanguíneos. A cinética de degradação ruminal da casca de soja foi menor do milho grão.Os tratamentos não afetaram a degradação da forragem. Os teores de AGV, amônia e pH ruminal não foram afetados pelos tratamentos. A casca de soja pode substituir até 75% do milho no concentrado.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.08.2008
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500046298t636.2084 M385a e.2 92741
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARTINEZ, Junio Cesar; SANTOS, Flavio Augusto Portela. Avaliação de co-produtos na alimentação de vacas leiteiras mantidas em pastagens tropicais durante a estação chuvosa e alimentadas no cocho durante a estação seca do ano. 2008.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11139/tde-23092008-162403/ >.
    • APA

      Martinez, J. C., & Santos, F. A. P. (2008). Avaliação de co-produtos na alimentação de vacas leiteiras mantidas em pastagens tropicais durante a estação chuvosa e alimentadas no cocho durante a estação seca do ano. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11139/tde-23092008-162403/
    • NLM

      Martinez JC, Santos FAP. Avaliação de co-produtos na alimentação de vacas leiteiras mantidas em pastagens tropicais durante a estação chuvosa e alimentadas no cocho durante a estação seca do ano [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11139/tde-23092008-162403/
    • Vancouver

      Martinez JC, Santos FAP. Avaliação de co-produtos na alimentação de vacas leiteiras mantidas em pastagens tropicais durante a estação chuvosa e alimentadas no cocho durante a estação seca do ano [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11139/tde-23092008-162403/