Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A programação econômica para a manufatura do pescado de origem extrativista como estratégia competitiva (2008)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SCHROEDER, IVANIR - EP
  • USP Schools: EP
  • Subjects: PESCADO; ECONOMIA DE MERCADO; ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL
  • Language: Português
  • Abstract: O setor pesqueiro brasileiro é representativo e pode contribuir ainda mais com a expansão da riqueza, porém enfrenta muitos desafios. Na revisão da literatura foram encontradas poucas pesquisas relacionadas à gestão econômica de empresas que manufaturam o pescado. As pesquisas encontradas se limitaram a explorar e descrever os problemas da atividade pesqueira no Brasil. Assim, este estudo buscou responder ao seguinte problema de pesquisa: como projetar a lucratividade da operação da manufatura do pescado de origem extrativista, diante das incertezas no fornecimento de matéria-prima e das oscilações dos preços na venda do pescado? Quanto ao objetivo geral buscou-se propor uma programação econômica para o sistema de operação das empresas de manufatura do pescado de origem extrativista. O método que caracterizou essa pesquisa foi o estudo de caso, combinado com elementos do método da pesquisa-ação. A coleta de dados foi realizada por meio da técnica de triangulação, compondo-se de entrevistas exploratórias, análise documental/bibliográfica e pela observação livre. As variáveis delineadas pela pesquisa e que sustentam o modelo econômico proposto são: a incerteza no preço, quantidade e na qualidade da oferta de matéria-prima; as oscilações no preço de venda; a desarticulação da cadeia produtiva; os reduzidos incentivos à pesquisa e a dificuldade na obtenção de crédito. Foi realizada a validação do modelo econômico descritivo de Brunstein (2005) que utilizao sistema de custeio direto e o método de margem de contribuição. A validação do modelo foi realizada em uma empresa de manufatura de pescado de origem extrativista, que contempla as variáveis delineadas pela pesquisa e que utiliza processamentos diferenciados na manufatura do pescado. ) O modelo econômico proposto pode ser útil ao proporcionar critérios de escolha para alternativas de ação ao apoiar o processo decisório dos gestores, ampliando a competitividade das empresas no setor. Ressalta-se que o modelo econômico de Brunstein (2005) pode contribuir com empresas do setor pesqueiro, pois possibilita a flexibilização das variáveis necessárias para análise e tomada de decisão na manufatura do pescado
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.08.2008
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EPBC31200036735FT-2593
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SCHROEDER, Ivanir; AMATO NETO, João. A programação econômica para a manufatura do pescado de origem extrativista como estratégia competitiva. 2008.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3136/tde-07112008-104421/ >.
    • APA

      Schroeder, I., & Amato Neto, J. (2008). A programação econômica para a manufatura do pescado de origem extrativista como estratégia competitiva. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3136/tde-07112008-104421/
    • NLM

      Schroeder I, Amato Neto J. A programação econômica para a manufatura do pescado de origem extrativista como estratégia competitiva [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3136/tde-07112008-104421/
    • Vancouver

      Schroeder I, Amato Neto J. A programação econômica para a manufatura do pescado de origem extrativista como estratégia competitiva [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3136/tde-07112008-104421/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: