Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A relação entre religião, doença e morte nas histórias de vida de familiares de crianças com doença graves (2008)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BOUSSO, REGINA SZYLIT - EE
  • USP Schools: EE
  • Subjects: RELIGIÃO; DOENÇAS; MORTE; FAMÍLIA (PSICOLOGIA); SAÚDE DA CRIANÇA
  • Language: Português
  • Abstract: 1. Introdução: As histórias familiares revelam crenças sobre a morte, à doença e sobre o corpo. A religião nos traz idéias importantes para o trabalho com pessoas doentes e suas respectivas crenças e tem recebido maior atenção por parte dos profissionais de saúde. Estudos recentes têm explorado a influência da religião e do ato de rezar, na experiência de doença. 2. Objetivo: Conhecer a relação entre a experiência de famílias de crianças que vivenciaram uma doença grave com a religião, doença e suas histórias de vida. 3. Material e Método: Este é um estudo qualitativo e de acordo com Field e Morse, o método qualitativo é recomendado quando pretende-se descrevê-lo de acordo com o ponto de vista do sujeito. Acreditando na importância de se estudar os fenômenos na perspectiva dos próprios indivíduos, em seu contexto de vida, optamos pela História Oral como referencial metodológico, que tem como pressuposto a percepção do passado como algo que tem continuidade hoje e cujo processo histórico não está acabado. Participaram deste estudo 9 famílias de 7 religiões diferentes que já vivenciaram a experiência de ter uma criança gravemente doente. Foram entrevistadas uma família espírita, quatro católicas, uma batista, uma evangélica, uma espiritualista e uma budista. A análise dos dados seguiu as etapas de transcrição e textualização, na qual as perguntas da entrevista são suprimidas e agregadas as respostas dos participantes. Elabora-se um texto único e escolhe-se então o TomVital que representa a síntese moral da narrativa. 4. Resultados e discussão: As narrativas auxiliaram na compreensão das formas pelas quais diferentes cultos religiosos, com suas perspectivas de doença e morte são incorporados pelas famílias que viveram a experiência de ter uma criança gravemente doente. Os significados das realidades dos eventos são continuamente construídos e reconstruídos pelas famílias. As narrativas das famílias também demonstram a busca da família por significados aos eventos vivenciados, a partir de suas crenças religiosas. Todos os participantes do estudo falaram sobre a sua compreensão da relação entre crenças religiosas, espiritualidade e doença. As famílias apontam suas crenças e religiões desde antes do aparecimento da doença, porém a vida religiosa é expressa com mais ênfase após o diagnóstico, na busca por apoio as suas dúvidas, medos e explicações para o inevitável. O principal recurso religioso utilizado pelas famílias nesta pesquisa foi a oração, que é uma peça fundamental para desenvolver e sustentar a relação com o Ser Superior. As famílias apresentaram suas crenças e praticas de devoção. Três dimensões da religiosidade/espiritualidade foram relacionadas à doença e morte em suas histórias de vida: Ser Superior com poder de cura, Desenvolvimento e manutenção de uma conexão com Deus e a fé encorajando o otimismo. As narrativas demonstraram a busca da família por significados aos eventos vivenciados, apartir de suas crenças religiosas. 5. Conclusão: A religiosidade é parte relevante da vida de muitas famílias e não pode ser negligenciada no contexto da doença, já que suas crenças influenciam na maneira de lidar com a doença e cabe a enfermagem ter esta compreensão, para garantir um adequado cuidado
  • Imprenta:
  • Conference titles: Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP (SIICUSP)

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EE10200017735-SBOUSSO, R. S. doc 12
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SERAFIM, Taís de Souza; BOUSSO, Regina Szylit. A relação entre religião, doença e morte nas histórias de vida de familiares de crianças com doença graves. Anais.. Ribeirão Preto: USP, 2008.
    • APA

      Serafim, T. de S., & Bousso, R. S. (2008). A relação entre religião, doença e morte nas histórias de vida de familiares de crianças com doença graves. In . Ribeirão Preto: USP.
    • NLM

      Serafim T de S, Bousso RS. A relação entre religião, doença e morte nas histórias de vida de familiares de crianças com doença graves. 2008 ;
    • Vancouver

      Serafim T de S, Bousso RS. A relação entre religião, doença e morte nas histórias de vida de familiares de crianças com doença graves. 2008 ;