Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estimativa das emissões de carbono do solo devido às mudanças no uso da terra em Rondônia e Mato Grosso (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MAIA, STOÉCIO MALTA FERREIRA - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Subjects: CARBONO; MANEJO DO SOLO; MÉTODO DE MONTE CARLO; REGRESSÃO LINEAR; USO DO SOLO
  • Language: Português
  • Abstract: As emissões globais de gases do efeito estufa (GEE) devido a ações do ser humano tem levado a um aumento na temperatura média da superfície terrestre de 0,55 grau C, e mudanças climáticas como aumento de eventos climáticos extremos, elevação dos níveis dos oceanos, e mudanças nos regimes pluviométricos são alguns exemplos das possíveis implicações deste aquecimento. O carbono orgânico do solo (COS) é o principal reservatório terrestre de C, contendo mais que o dobro do C da atmosfera, portanto, dependendo do manejo os solos podem se transformar em importantes fontes ou drenos de C atmosférico, influenciando significativamente os efeitos do aquecimento global. O objetivo desta pesquisa foi estimar as mudanças nos estoques do COS devido às mudanças no uso da terra e sistemas de manejo nos estados de Rondônia e Mato Grosso entre 1970 e 1985 e 1985 a 2002 utilizando dados específicos da região; e realizar a análise de incerteza destas estimativas mediante o método de Monte Carlo. Para alcançar o objetivo principal, a presente pesquisa foi composta das seguintes etapas: i) cálculo dos estoques do COS sob vegetação nativa (carbono de referência); ii) obtenção dos dados (áreas) das principais categorias de uso da terra nos estados de Rondônia e Mato Grosso para os anos de 1970, 1985 e 2002, a partir da combinação de técnicas de sensoriamento remoto, dados dos censos agropecuários, e informações de especialistas do setor agropecuário; iii) desenvolvimento dosfatores de emissão específicos para os principais sistemas de manejo da região de estudo utilizando um modelo linear misto; iv) e a etapa final que consistiu em combinar as etapas anteriores para se estimar as mudanças nos estoques de COS, e realizar a análise das incertezas associadas. Sucintamente, foram derivados fatores de emissão para as pastagens degradadas (0,91 ± 0,14), típicas em Latossolos (0,99 ± 0,08), típicas ) nos demais tipos de solos (1,24 ± 0,07), e pastagens melhoradas em Latossolos (1,19 ± 0,07), todos os fatores representam a comparação entre as pastagens manejadas e a vegetação nativa. Nos sistemas agrícolas foi possível derivar fatores de emissão para sistemas de plantio direto (PD) em áreas de Cerrado (1,08 ± 0,06), PD em áreas de floresta Amazônica e Cerradão (1,01 ± 0,17), cultivo convencional (CC) (0,94 ± 0,04) e culturas perenes (0,98 ± 0,14), sendo que o fator para o CC foi comparado aos dados de PD, enquanto que os demais fatores foram obtidos a partir da comparação com os estoques sob vegetações nativas. Quanto às emissões de COS, foi encontrado que usando o método de Monte Carlo com 20000 simulações no período de 1970 a 1985, os solos minerais apresentaram uma perda de C com fluxos anuais de 4,28 e 1,14 Tg C ano-1, para Mato Grosso e Rondônia, respectivamente, e com 95% de intervalo de confiança as incertezas foram de ± 41,5 e 21,9%, respectivamente. No segundo período, as emissões foram de 2,86 e 0,91 Tg C ano-1, com incertezas de ±40,1 e 33,8%, respectivamente, para Mato Grosso e Rondônia. Quanto às fontes de incerteza, o carbono de referência, a opinião dos especialistas sobre as condições das pastagens e os fatores de emissão para pastagens típicas e degradadas foram às variáveis responsáveis por mais de 90% das incertezas das estimativas das emissões de C do solo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.03.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500047737t631.4 M271e e.2 94156
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MAIA, Stoécio Malta Ferreira; CERRI, Carlos Clemente. Estimativa das emissões de carbono do solo devido às mudanças no uso da terra em Rondônia e Mato Grosso. 2009.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-15042009-084417/ >.
    • APA

      Maia, S. M. F., & Cerri, C. C. (2009). Estimativa das emissões de carbono do solo devido às mudanças no uso da terra em Rondônia e Mato Grosso. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-15042009-084417/
    • NLM

      Maia SMF, Cerri CC. Estimativa das emissões de carbono do solo devido às mudanças no uso da terra em Rondônia e Mato Grosso [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-15042009-084417/
    • Vancouver

      Maia SMF, Cerri CC. Estimativa das emissões de carbono do solo devido às mudanças no uso da terra em Rondônia e Mato Grosso [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-15042009-084417/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: