Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Biorremediação de solo tropical contaminado com resíduos da produção de plastificantes (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FERREIRA, IEDA DOMINGUES - EP
  • USP Schools: EP
  • Subjects: BIORREMEDIAÇÃO; BIODEGRADAÇÃO AMBIENTAL; SOLO TROPICAL
  • Language: Português
  • Abstract: Plastificantes podem ser definidos como aditivos de baixa volatilidade utilizados para aumentar a processabilidade, flexibilidade ou diminuir a dureza de materiais poliméricos. Os ftalatos e adipatos utilizados como plastificantes, por sua baixa solubilidade em água e pelo alto coeficiente de partição octanol/água, tendem a se acumular no solo e sedimentos. Estes compostos são considerados potencialmente carcinogênicos, teratogênicos e disruptores endócrinos. A presente pesquisa compreendeu a biorremediação "ex-situ" do solo contaminado com resíduos de uma unidade industrial de plastificantes, utilizando reatores aeróbios, com microrganismos indígenas e exógenos adaptados através da adição de inóculo retirado da Estação de Tratamento de Efluentes por Lodos Ativados desta indústria. Foram avaliados os plastificantes: DIBP (Di-isobutilftalato), DBP (Dibutilftalato), DOP (Dioctilftalato), DIDP (Di-isodecilftalato), DIAP (Di-isoamilftalato) e DOA (dioctiladipato). Foram realizados ensaios preliminares e confirmatórios em escala de laboratório. Estes ensaios demonstraram a viabilidade da biodegradação aeróbia dos plastificantes, mesmo com altos teores de co-substratos (álcoois), em valores de pH entre 5,5 a 7,81, temperatura de 17 a 30°C, umidade de 35 a 71 %, adição de 5 a 11 gSSV/kg de solo, relações carbono: nitrogênio e carbono:fósforo de 60:1 e 300:1, respectivamente. Após a caracterização geotécnica do solo da área de plastificantes em 10 diferentes pontos, foramretiradas as quantidades para a biorremediação em 8 diferentes pontos (100kg/ponto) com os teores de plastificantes compreendidos entre 1 mg/kg solo e 2371 mg/kg solo. Análises mineralógicas, físicas e químicas foram realizadas conforme as recomendações da Embrapa, Cetesb e Environmental Protection Agency. ) No ensaio piloto de biorremediação, os teores iniciais de plastificantes no solo, variaram de de 1 a 723mg/kg e após 120 dias de biodegradação em reatores aeróbios, as eficiências de remoção foram acima de 50%. Conforme as análises de fingerprint da comunidade bacteriana, ao final do processo, as bactérias presentes no solo eram originárias do lodo e do solo inicial e as análises de CGMS identificaram o metabólito Monoetilhexilftalato (MEHP), além de outros sub-produtos finais da biodegradação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.02.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EPBC31200037249FT-2664
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERREIRA, Ieda Domingues; MORITA, Dione Mari. Biorremediação de solo tropical contaminado com resíduos da produção de plastificantes. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3147/tde-19112008-114049/ >.
    • APA

      Ferreira, I. D., & Morita, D. M. (2009). Biorremediação de solo tropical contaminado com resíduos da produção de plastificantes. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3147/tde-19112008-114049/
    • NLM

      Ferreira ID, Morita DM. Biorremediação de solo tropical contaminado com resíduos da produção de plastificantes [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3147/tde-19112008-114049/
    • Vancouver

      Ferreira ID, Morita DM. Biorremediação de solo tropical contaminado com resíduos da produção de plastificantes [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3147/tde-19112008-114049/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: