Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

O ciclo do carbono na bacia do Alto Xingu: interações entre ambientes terrestre, aquático e atmosférico (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: NEU, VANIA - ECOAGROEC
  • USP Schools: ECOAGROEC
  • Subjects: BACIA HIDROGRÁFICA; BIOQUÍMICA; CARBONO; FLORESTAS; RIOS; SOLOS
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo da pesquisa foi quantificar os fluxos de entrada e saída de carbono (C) ao longo de um ano hidrológico, medidas estas importantes para o balanço de C num ecossistema. A microbacia em estudo apresenta uma área de 1319 hectares, o rio que drena esta microbacia é afluente do Rio Darro, Bacia do Rio Xingu, Mato Grosso Brasil. A cobertura vegetal é de Tensão Ecológica, área de contato entre a floresta tropical chuvosa e cerrado. Para estimar a entrada e o transporte de C no sistema, amostras de 12 eventos de chuva foram coletadas e determinadas as concentrações de carbono orgânico dissolvido (COD) e carbono inorgânico dissolvido (CID) na água da chuva, precipitação interna da floresta, escoamento de água pelo tronco, escoamento superficial do solo, solução do solo e água do lençol freático. Os fluxos de saída de C foram quantificadas em 13 eventos, com a determinação de CO2 e CH4 do rio e do solo, e a exportação de COD, CID e carbono orgânico particulado (COP) pelo rio. Na água da chuva as concentrações médias de COD foram de 6,7 ± 3,7 mg L-1, o que representou uma entrada de 82,3 Kg C ha-1 ano-1. Após o percurso através do dossel, a precipitação interna apresentou a maior quantidade de COD transportada no sistema, com valores de 142,6 Kg C ha-1 ano-1. O escoamento superficial do solo e o escoamento pelo tronco, contribuíram com apenas 1 a 2 % do COD transportado no sistema. No caso do CID, as concentrações nos compartimentos acima do solo foram muito baixas,semelhantes ao esperado pelo equilíbrio com o CO2 da atmosfera, ao passo que nos compartimentos abaixo do solo, houve supersaturação de CO2 e aumento considerável de CID. O solo foi a componente de maior perda de carbono do sistema, com fluxos para a atmosfera de mais de 6000 Kg C ha-1 ano-1, o que representou 99% da saída da microbacia. Para o CH4 o solo foi um pequeno sumidouro de carbono na ordem de ) 4,37 ± 0,09 Kg C ha-1 ano-1. O rio apresentou fluxos extremamente elevados de CO2 e CH4, com mais de 63000 Kg C ha-1 ano-1, porém as perdas pelo rio foram baixas quando comparadas com a área total da bacia (56,2 ± 0,07 Kg C ha-1 ano-1). Das frações exportadas na descarga pelo rio, o COD foi a fração dominante, porém relativamente baixa, com uma saída de 1,6 Kg C ha-1 ano-1. As perdas de CID e COP pelo rio foram de 0,9 Kg C ha-1 ano-1 e 0,01 Kg C ha-1 ano-1 respectivamente. Concentrações elevadas de COD nos compartimentos acima do solo, mostram uma clara variação sazonal, em parte, provavelmente como resultado das atividades humanas nesta região. As elevadas concentrações de CID na solução do solo e água do lençol freático durante o período chuvoso, associado aos maiores fluxos de CO2, indicam uma forte conectividade entre ambientes terrestre e aquático
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.04.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500047785t551.483 N477c e.2 94280
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NEU, Vania; KRUSCHE, Alex Vladimir. O ciclo do carbono na bacia do Alto Xingu: interações entre ambientes terrestre, aquático e atmosférico. 2009.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-17042009-141320/ >.
    • APA

      Neu, V., & Krusche, A. V. (2009). O ciclo do carbono na bacia do Alto Xingu: interações entre ambientes terrestre, aquático e atmosférico. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-17042009-141320/
    • NLM

      Neu V, Krusche AV. O ciclo do carbono na bacia do Alto Xingu: interações entre ambientes terrestre, aquático e atmosférico [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-17042009-141320/
    • Vancouver

      Neu V, Krusche AV. O ciclo do carbono na bacia do Alto Xingu: interações entre ambientes terrestre, aquático e atmosférico [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-17042009-141320/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: