Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Tratamento de efluentes aquosos contendo clorofenóis por meio de processo oxidativo avançado foto-Feton (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CARDEÑA, URSULA MARIA JUÁREZ - EP
  • USP Schools: EP
  • Sigla do Departamento: PQI
  • Subjects: EFLUENTES (TRATAMENTO); FOTOQUÍMICA (PROCESSOS); OXIDAÇÃO (PROCESSOS)
  • Language: Português
  • Abstract: Nos últimos anos, os processos oxidativos avançados (POAs) têm emergido como métodos potencialmente poderosos para transformar poluentes orgânicos recalcitrantes em substâncias menos tóxicas. O presente trabalho visa estudar a degradação de clorofenóis - 2,4-diclorofenol (2,4-DCF) e pentaclorofenol (PCF) - em solução aquosa por meio do processo foto-Fenton. Os experimentos foram realizados em um reator fotoquímico anular, em regime batelada com recirculação e admissão contínua de peróxido de hidrogênio. Os efeitos das concentrações iniciais de clorofenóis, H2O2 e Fe(II), bem como da potência da lâmpada de vapor de mercúrio, foram estudados a partir de um planejamento experimental Doehlert em múltiplos níveis e analisados segundo a metodologia de superfícies de resposta. A foto-oxidação foi monitorada por medidas da concentração de carbono orgânico total (TOC) e do espectro de absorção da solução ao longo do tempo e, em alguns casos, medidas de toxicidade por meio de bioensaios com Artemia sp. Os resultados dos experimentos realizados com 2,4-DCF evidenciaram degradação gradativa, com remoções de TOC superiores a 99% após 1 hora de tratamento, além de remoção de toxicidade, mesmo para altas concentrações iniciais do poluente (até ca. 415 mgC L-1). Nos experimentos realizados com PCF observou-se decaimento inicial de TOC bastante rápido (15 minutos), o que sugere que a degradação dos clorofenóis torna-se mais rápida com o aumento do número de átomos de cloro ligados ao anel aromático. Foi removida mais da metade do TOC inicial por volta de 30 minutos de reação, obtendo-se remoções de até 90,8% ao final do tratamento.Por outro lado, comparado ao 2,4-DCF, no caso do PCF observou-se redução acentuada da taxa de remoção de TOC após esse tempo, o que pôde ser explicado a partir da maior concentração de íons cloreto em solução, da formação de complexo estável desses íons com Fe(III) e de espécies geradas a partir de reações envolvendo esse complexo. No conjunto, os resultados comprovam a viabilidade do processo foto-Fenton para remediação de efluentes aquosos contendo clorofenóis.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.03.2009
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      JUÁREZ CARDEÑA, Úrsula María; TEIXEIRA, Antonio Carlos S. C. Tratamento de efluentes aquosos contendo clorofenóis por meio de processo oxidativo avançado foto-Feton. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-05062009-103425/ >.
    • APA

      Juárez Cardeña, Ú. M., & Teixeira, A. C. S. C. (2009). Tratamento de efluentes aquosos contendo clorofenóis por meio de processo oxidativo avançado foto-Feton. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-05062009-103425/
    • NLM

      Juárez Cardeña ÚM, Teixeira ACSC. Tratamento de efluentes aquosos contendo clorofenóis por meio de processo oxidativo avançado foto-Feton [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-05062009-103425/
    • Vancouver

      Juárez Cardeña ÚM, Teixeira ACSC. Tratamento de efluentes aquosos contendo clorofenóis por meio de processo oxidativo avançado foto-Feton [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-05062009-103425/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019