Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Influência da proximidade entre o miniimplante e as raízes dentárias sobre o grau de estabilidade (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GIGLIOTTI, MARIANA PRACUCIO - FOB
  • USP Schools: FOB
  • Sigla do Departamento: BAO
  • Subjects: TÉCNICAS ORTODÔNTICAS; IMPLANTES DENTÁRIOS; FATORES DE RISCO
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da proximidade entre miniimplantes autoperfurantes e as raízes dentárias sobre a estabilidade destes dispositivos de ancoragem. A amostra consistiu de 40 mini-implantes inseridos entre as raízes do primeiro molar e segundo pré-molar superiores de 21 pacientes, como recurso de ancoragem para retração anterior. A largura do septo no local de inserção (LSI) e a menor distância da cabeça do mini-implante à raiz dentária (MDR) foram mensuradas nas 40 radiografias pós-cirúrgicas. Sob este aspecto, os miniimplantes foram divididos em duas categorias de grupos: de acordo com a largura do septo no local de inserção, grupos G1L (LSI'< OU ='3mm) e G2L (LSI>3mm), e de acordo com a proximidade do mini-implante à raiz adjacente, grupos G1P (MDR'< OU ='0mm) e G2P (MDR>0mm). A estabilidade dos mini-implantes foi avaliada mensalmente pela quantificação do grau de mobilidade, e a partir desta variável foi calculada a proporção de sucesso. Também foi avaliada a influência das seguintes variáveis sobre o grau de estabilidade: característica do tecido mole no local de inserção, o grau de sensibilidade, a quantidade de placa, a altura de inserção e o período de observação. As duas categorias de grupos foram comparadas quanto ao grau de mobilidade e proporção de sucesso por meio do teste de Mann-Whitney e do teste Exato de Fisher, respectivamente. Adicionalmente, avaliou-se a influência das demais variáveis sobre a estabilidade deste sistemade ancoragem através do teste t e do teste do Qui-quadrado. Os resultados obtidos demonstraram que não houve diferença estatisticamente significante para o grau de mobilidade e proporção de sucesso entre os mini-implantes inseridos em septos do grupo G1L e G2L. A proximidade entre os mini-implantes avaliados e as raízes dentárias adjacentes (grupos G1P e G2P) também não influenciou na estabilidade e proporção de sucesso ) deste sistema de ancoragem. A proporção de sucesso total encontrada foi de 90% e nenhuma variável demonstrou estar relacionada ao insucesso dos miniimplantes. No entanto, observou-se maior sensibilidade nos pacientes cujos miniimplantes apresentavam mobilidade, e que a falha destes dispositivos de ancoragem ocorria logo após sua inserção
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.03.2009
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GIGLIOTTI, Mariana Pracucio; JANSON, Guilherme dos Reis Pereira. Influência da proximidade entre o miniimplante e as raízes dentárias sobre o grau de estabilidade. 2009.Universidade de São Paulo, Bauru, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25134/tde-29052009-111711/ >.
    • APA

      Gigliotti, M. P., & Janson, G. dos R. P. (2009). Influência da proximidade entre o miniimplante e as raízes dentárias sobre o grau de estabilidade. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25134/tde-29052009-111711/
    • NLM

      Gigliotti MP, Janson G dos RP. Influência da proximidade entre o miniimplante e as raízes dentárias sobre o grau de estabilidade [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25134/tde-29052009-111711/
    • Vancouver

      Gigliotti MP, Janson G dos RP. Influência da proximidade entre o miniimplante e as raízes dentárias sobre o grau de estabilidade [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25134/tde-29052009-111711/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019