Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Peleoecologia de mamíferos viventes como ferramenta na caracterização do ambiente holocênico de Lagoa Santa, MG (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PEREZ, CASSIANA PURCINO - IB
  • USP Schools: IB
  • Sigla do Departamento: BIE
  • Subjects: PALEOECOLOGIA; MAMÍFEROS
  • Language: Português
  • Abstract: A região de Lagoa Santa, em Minas Gerais, tem um papel importantíssimo nos estudos paleontológicos e arqueológicos brasileiro. A compreensão da evolução paisagística regional durante todo o Holoceno é crucial para avançarmos nas questões levantadas a mais de 150 anos por Peter Lund. Apesar de décadas de intensa pesquisa relacionada às mudanças ambientais ocorridas durante o Quaternário Brasileiro, no entanto, a falta de precisão no controle cronológico e na resolução temporal dos estudos paleoambientais têm causado dificuldades no estabelecimento da paisagem presente e sua evolução nos últimos 10.000 anos. O estabelecimento de um quadro paleoecológico para a região de Lagoa Santa é fundamental para a compreensão do desenvolvimento e da organização das primeiras sociedades caçadoras-coletoras do continente. Dado esse cenário, o principal objetivo do presente estudo foi reconstituir as mudanças paleoambientais ocorridas na região de Lagoa Santa durante o Holoceno, baseado na paleoecologia da comunidade de mamíferos viventes de dois conjuntos fossilíferos. Como objetivo secundário, foi avaliada a influência dos processos tafonômicos pré- e pós-deposicionais na interpretação do ambiente pretérito a partir do registro faunístico fóssil. Os dados foram obtidos a partir dos conjuntos fósseis de um sítio paleontológico (Gruta Cuvieri) e um sítio arqueológico (Lapa do Santo), ambos na região de Lagoa Santa. A reconstrução paleoambiental baseou-se navariação da abundância relativa dos principais taxa de mamíferos presentes no registro fóssil de ambos os sítios, utilizando como unidades analíticas o NISP (number of identifiable specimen) e o MNI (minimum number of individuals). Os processos tafonômicos pré-deposicionais foram analisados qualitativamente, enquanto os processos pós-deposicionais foram analisados quantitativamente através do grau de fragmentação dos elementos ) ósseos, utilizando a abundância relativa de elementos esqueletais completos (WSE whole skeletal elements) em 3 relação ao NISP, para cada táxon. Os processos tafonômicos responsáveis pela formação dos sítios estudados, não mostraram afetar a análise paleoambiental realizada neste trabalho. Os resultados paleoambientais indicaram que a abundância relativa do NISP dos taxa analisados foi diretamente afetada pelo grau de fragmentação, sugerindo ser o NISP uma unidade analítica a ser evitada nos estudos de reconstituição paleoambiental. Em contra partida, a análise da variação de abundância relativa utilizando o MNI não foi afetada pelo grau de fragmentação dos elementos ósseos. Pelos resultados obtidos vê-se que a utilização da unidade analítica MNI é mais apropriada para estudos paleoambientais realizados a partir da variação de abundância de restos ósseos de mamíferos. A análise paleoambiental, utilizando o MNI, evidenciou um clima homogêneo na região durante o Holoceno Inicial e o Holoceno Médio, com incremento da umidadedurante o Holoceno Tardio
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.04.2009
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEREZ, Cassiana Purcino; NEVES, Walter Alves. Peleoecologia de mamíferos viventes como ferramenta na caracterização do ambiente holocênico de Lagoa Santa, MG. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-21052009-170024/ >.
    • APA

      Perez, C. P., & Neves, W. A. (2009). Peleoecologia de mamíferos viventes como ferramenta na caracterização do ambiente holocênico de Lagoa Santa, MG. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-21052009-170024/
    • NLM

      Perez CP, Neves WA. Peleoecologia de mamíferos viventes como ferramenta na caracterização do ambiente holocênico de Lagoa Santa, MG [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-21052009-170024/
    • Vancouver

      Perez CP, Neves WA. Peleoecologia de mamíferos viventes como ferramenta na caracterização do ambiente holocênico de Lagoa Santa, MG [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-21052009-170024/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019