Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação in vitro da biomodulação de células de linhagem odontoblástica (MDPC-23) de camundongos com laser de baixa potência (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PEREIRA, LUCIANA BATISTA - FORP
  • USP Schools: FORP
  • Sigla do Departamento: 805
  • Subjects: ODONTOBLASTO; LASER NÃO CIRÚRGICO
  • Language: Português
  • Abstract: O laser de baixa intensidade ou terapêutico promove a biomodulação das respostas reparadoras naturais de células pulpares como os odontoblastos, sendo uma estratégia de tratamento a ser utilizada na terapia pulpar. O objetivo deste estudo foi avaliar in vitro o efeito da irradiação do laser terapêutico de arseniato de gálio e alumínio (GaAIAs) no comportamento da linhagem odontoblástica (MDPC-23) de camundongos. Células odontoblásticas foram plaqueadas na concentração de 104 '10 POT. 4' células/poço (n=5) e submetidas às irradiações nos dias 0, 1, 2 e 3 após o plaqueamento. Foram avaliadas as doses de 0,2 e 1,0 J/cm2 'cm POT. 2' e comparadas ao grupo controle não irradiado. Os parâmetros analisados foram proliferação e viabilidade celular, quantidade de proteína total, atividade de fosfatase alcalina após 3, 7, 10 e 14 dias; detecção e quantificação de matriz mineralizada após 14 dias e quantificação do fator de crescimento VEGF no sobrenadante das culturas após 7 e 10 dias. Imunofluorescência para proteínas colágenas e não-colágenas após 3, 7 e 10 dias foi realizada para verificar sua expressão qualitativa nos grupos propostos. Os resultados mostraram que o laser não afetou a viabilidade celular que ficou acima dos 90% em todos os grupos e períodos experimentais. De modo geral, os grupos irradiados apresentaram redução na proliferação, maior conteúdo de proteína total e maior atividade de ALP em relação ao observado no grupo controle. A marcação com vermelho dealizarina mostrou maior quantidade de áreas nodulares de matriz calcificada no grupo irradiado com 0,2 J/cm2 'cm POT. 2', dados comprovados pela análise quantitativa. Uma maior concentração de VEGF no sobrenadante da cultura foi observada no grupo irradiado com a menor dose. A imunofluorescência revelou que a menor dose favoreceu a secreção de proteínas colágenas e não colágenas Portanto, o laser de baixa potência, dentro dos parâmetros empregados, favoreceu a expressão do fenótipo odontoblástico
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.05.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FORP11700008291Pereira, Luciana Batista
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEREIRA, Luciana Batista; PRADO, Karina Fittipaldi Bombonato. Avaliação in vitro da biomodulação de células de linhagem odontoblástica (MDPC-23) de camundongos com laser de baixa potência. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-26032010-171301/?&lang=pt-br >.
    • APA

      Pereira, L. B., & Prado, K. F. B. (2009). Avaliação in vitro da biomodulação de células de linhagem odontoblástica (MDPC-23) de camundongos com laser de baixa potência. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-26032010-171301/?&lang=pt-br
    • NLM

      Pereira LB, Prado KFB. Avaliação in vitro da biomodulação de células de linhagem odontoblástica (MDPC-23) de camundongos com laser de baixa potência [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-26032010-171301/?&lang=pt-br
    • Vancouver

      Pereira LB, Prado KFB. Avaliação in vitro da biomodulação de células de linhagem odontoblástica (MDPC-23) de camundongos com laser de baixa potência [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-26032010-171301/?&lang=pt-br

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: