Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Desempenho reológico e entálpico da massa de pão com amido resistente de milho e transglutaminase (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANCHEZ, DIANA BUCHNER DE OLIVEIRA - EP
  • USP Schools: EP
  • Sigla do Departamento: PQI
  • Subjects: PÃO; AMIDO; ENZIMAS; ALIMENTOS FUNCIONAIS; REOLOGIA; ANÁLISE TÉRMICA
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo desse trabalho foi estudar a influência da substituição parcial da farinha de trigo (FT) por amido resistente de milho (ARM) e da adição da enzima transglutaminase (TG) sobre o desempenho reológico e entálpico da massa de pão. O ARM foi adicionado como uma alternativa de aumentar a ingestão de fibra alimentar (FA), enquanto que a TG foi adicionada como forma de suprir a diluição do glúten, catalisando as ligações. Foram realizadas análise de textura da massa (extensão uniaxial, biaxial e Texture Profile Analysis - TPA), análise térmica de calorimetria exploratória diferencial (DSC) e reológica (reofermentógrafo). De acordo com um planejamento experimental estrela com três pontos centrais e quatro axiais as análises foram conduzidas em cinco níveis de substituição da farinha de trigo (FT) pelo amido resistente de milho (ARM): 1,5%; 3,5%; 8,5%; 13,5%; 15,5% (base 100% mistura) e cinco níveis de adição de enzima transglutaminase (TG): 0,03%; 0,05%; 0,10%; 0,15%; 0,17%. As mesmas análises foram realizadas em massa produzida com farinha de trigo (controle), sem adição de ARM e TG. A substituição de FT por ARM influenciou mais os parâmetros de textura do que a adição de TG. A resistência à extensão atingiu um valor 32% maior que o controle com a substituição de 8,5% de ARM e adição de 0,12% de TG. Nos ensaios realizados no DSC foram identificados três picos endotérmicos, sendo eles: fusão da água, gelatinização do amido do trigo (60°C) e gelatinização do ARM (115°C). A altura máxima de desenvolvimento da massa (Hm), medida no reofermentógrafo, foi influenciada significativamente, diminuindo com o aumento da adição de ARM. A absorção de água aumentou conforme a adição de fibras, porém até 11% de substituição por ARM pode ser considerado igual ao controle.No intervalo estudado, a TG não contribuiu positivamente no desempenho da massa e, portanto, baseado nos resultados obtidos, a mistura com substituição de FT por ARM até 8,5% não influenciará significativamente os seus parâmetros reológicos e de textura, podendo ser utilizada para manufatura de pão com maior teor de fibras.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.05.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EPBC31200001004FD-5219
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANCHEZ, Diana Buchner de Oliveira; TADINI, Carmen Cecília. Desempenho reológico e entálpico da massa de pão com amido resistente de milho e transglutaminase. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-11082009-163741/ >.
    • APA

      Sanchez, D. B. de O., & Tadini, C. C. (2009). Desempenho reológico e entálpico da massa de pão com amido resistente de milho e transglutaminase. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-11082009-163741/
    • NLM

      Sanchez DB de O, Tadini CC. Desempenho reológico e entálpico da massa de pão com amido resistente de milho e transglutaminase [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-11082009-163741/
    • Vancouver

      Sanchez DB de O, Tadini CC. Desempenho reológico e entálpico da massa de pão com amido resistente de milho e transglutaminase [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-11082009-163741/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: