Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeitos comportamentais e alterações neuroniais induzidas pelo treino de marcha forçada intervalada em esteira, pós-isquemia encefálica bilateral em Gerbilos (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MARINI, LUANA DE CASTRO - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: ISQUEMIA CEREBRAL; APOPTOSE; COORDENAÇÃO MOTORA (REABILITAÇÃO); GERBILÍNEOS
  • Language: Português
  • Abstract: Relatos na literatura sugerem que a atividade física possa promover recuperação funcional após o AVE. Este trabalho teve como objetivo investigar, em um modelo de lesão encefálica bilateral, o início da atividade motora intervalada 12 e 24 horas após o evento isquêmico, bem como avaliar as repercussões referentes à morte neuronial apoptótica. Foram utilizados roedores da espécie Meriones unguiculatus (gerbilo), submetidos à oclusão de ambas as artérias carótidas por 5 minutos. Para a estimulação motora foi utilizada uma esteira para roedores, ajustada a uma velocidade de 10m/min onde os animais permaneceram em treinamento durante 15 minutos, por 3 dias, com intervalo de 24h entre as sessões. A avaliação comportamental foi realizada através de um monitor de atividade, que registrou os comportamentos de cruzamentos, distância percorrida e levantamentos. Para a análise do comportamento motor forçado foi utilizado o teste de Rota Rod. Após os experimentos, os animais foram perfundidos e seus encéfalos removidos, congelados e cortados em um criostato. Foi utilizada a técnica de Hematoxilina e Eosina, para a identificação dos sítios de lesão, e para a identificação de processos apoptóticos uma histoquímica para células TUNEL-positivas. Os dados obtidos foram analisados através de uma análise de variância de uma via (ONE WAY ANOVA), seguida pelo teste de Holm-Sidak. Os resultados mostraram não existir diferenças significativas entre os GC, GCE, GS e GSE erevelaram uma diminuição no número de cruzamentos dos GINE, GIE12 e 24h em relação ao GSE e do GINE em relação ao grupo GS (F 'F IND. 4,49"=6,14; p'< OU =' 0,007),uma diminuição do número de levantamentos no GINE e GIE24h em relação ao GS e um aumento do GIE12h em relação ao GINE (F 'F IND. 4,49'=2,67; p '< OU =' 0,006). Na análise da distância percorrida, foi observada uma diminuição deste comportamento no GINE quando comparado ao GSE e do GINE, GIE12h e 24h comparados ao GS (F 'F IND. 4,49'=5,68; p '< OU =' 0,007). Em relação ao comportamento motor forçado, foi encontrado um menor tempo de permanência no Rota Rod no GINE quando comparado ao grupo GS e do GINE, GIE12h e 24h comparado ao GSE (F 'F IND. 4,49'=5,11; p '< OU =' 0,007). Na análise histoquímica, encontramos uma marcação para células TUNEL-positivas no GINE nas áreas CA1 do hipocampo, M1 e neo-estriado em relação ao GC. Na análise histológica foi observada uma diminuição da densidade de neurônios na região CA1 do hipocampo, na área M1 e no neo-estriado no GINE, GIE 12h e 24h em relação ao GC (F 'F IND. 3,39'=43,76; p '< OU =' 0,025), (F 'F IND. 3,39'=21 ,89; p '< OU =' 0,017) e (F 'F IND. 3,39'=39,05; p '< OU =' 0,025), respectivamente. Dessa maneira, este trabalho sugere que a atividade física intervalada não é capaz de melhorar o desempenho motor dos animais submetidos à isquemia encefálica bilateral
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.05.2009

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARINI, Luana de Castro; DE ARAUJO, João Eduardo. Efeitos comportamentais e alterações neuroniais induzidas pelo treino de marcha forçada intervalada em esteira, pós-isquemia encefálica bilateral em Gerbilos. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009.
    • APA

      Marini, L. de C., & De Araujo, J. E. (2009). Efeitos comportamentais e alterações neuroniais induzidas pelo treino de marcha forçada intervalada em esteira, pós-isquemia encefálica bilateral em Gerbilos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Marini L de C, De Araujo JE. Efeitos comportamentais e alterações neuroniais induzidas pelo treino de marcha forçada intervalada em esteira, pós-isquemia encefálica bilateral em Gerbilos. 2009 ;
    • Vancouver

      Marini L de C, De Araujo JE. Efeitos comportamentais e alterações neuroniais induzidas pelo treino de marcha forçada intervalada em esteira, pós-isquemia encefálica bilateral em Gerbilos. 2009 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: