Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Epilepsias do lobo frontal: aspectos clínicos, neurofisiológicos, etiologias e resultados de tratamento cirúrgico (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MARTINS, ANA PAULA PINHEIRO - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: EPILEPSIA; LOBO FRONTAL; PROCEDIMENTOS NEUROCIRÚRGICOS
  • Language: Português
  • Abstract: RESUMO: Analisamos retrospectivamente 127 pacientes com epilepsia do lobo frontal de dificil controle no CIREP (USP- Ribeirão Preto) durante 12 anos. Havia 74 (58.3%) homens e 53 (41.7%) mulheres. Os resultados da monitorização por VEEG e das avaliações multidisciplinares foram analisados para todos os pacientes. Houve 66 pacientes (51.97%) cirurgicamente tratados. Resultados cirúrgicos e fatores isolados de risco para o controle das crises pós a cirurgia foram identificados pelo modelo de regressão logística. A idade média dos pacientes era de 20 anos (Desvio Padrão=12.7). Semiologia lateralizatória ocorreu em 70.1% dos casos. Crises focais com sinais motores representaram o tipo semiológico mais comum na casuística (50%), seguidas das tônicas posturais assimétricas (9.1%) e das hipercinéticas (9.1%). EEG ictal foi lateralizatório em 66 (52%) e localizatório em 48 (37.8%) casos. Imagens de ressonância magnética com lesões estruturais foram observadas em 89 (70%) pacientes, sendo concordantes com o EEG ictal em 54% desses casos. No grupo cirurgicamente tratado, 28 (42%) pacientes ficaram livres de crises, num tempo médio de 5,2 anos de seguimento. Os fatores de risco para resultados cirúrgicos insatisfatórios foram maior tempo de epilepsia (p=0.03;OR=1.08;95%IC=1.01-1.06), presença de ritmo recrutante no EEG ictal (p=0.01;OR=24.59;95%IC.=1.94-312.10), presença de crises no primeiro mês após a cirurgia (p<0.001); OR=17 .37;95%IC.=3.71-81.22) e presença dedistúrbios psiquiátricos (p=0.01;OR=1.30;95%IC=2.86-50.00). O tratamento cirúrgico é uma importante alternativa terapêutica para pacientes com epilepsia do lobo frontal farmacorresistente. A identificação de fatores de risco isolados é fundamental para o planejamento das melhores estratégicas cirúrgicas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.05.2009

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARTINS, Ana Paula Pinheiro; SAKAMOTO, Américo Ceiki. Epilepsias do lobo frontal: aspectos clínicos, neurofisiológicos, etiologias e resultados de tratamento cirúrgico. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009.
    • APA

      Martins, A. P. P., & Sakamoto, A. C. (2009). Epilepsias do lobo frontal: aspectos clínicos, neurofisiológicos, etiologias e resultados de tratamento cirúrgico. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Martins APP, Sakamoto AC. Epilepsias do lobo frontal: aspectos clínicos, neurofisiológicos, etiologias e resultados de tratamento cirúrgico. 2009 ;
    • Vancouver

      Martins APP, Sakamoto AC. Epilepsias do lobo frontal: aspectos clínicos, neurofisiológicos, etiologias e resultados de tratamento cirúrgico. 2009 ;