Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo petrográfico e química mineral da intrusão kimberlítica Régis, no oeste de Minas Gerais (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: THOMAZ, LEANDRO VASCONCELOS - IGC
  • USP Schools: IGC
  • Subjects: KIMBERLITO; PETROGRAFIA; QUÍMICA MINERAL
  • Language: Português
  • Abstract: O kimberlito Régis localiza-se no município do Carmo do Paranaíba, Minas Gerais. A intrusão possui formato elíptico e área aproximada de 1 km2. Com provável idade cretácea intrude rochas metassedimentares Neoproterozóicas do Grupo Bambuí. O ambiente geotectônico permanece em debate entre Faixa Brasília e Cráton do São Francisco. A presente dissertação contempla a descrição de afloramentos e de dois testemunhos de sondagem, com 250,6 e 316,4 metros. Através da caracterização macroscópica e petrográfica buscou-se subdividir a intrusão em fácies e compreender os mecanismos formadores destes depósitos, além de caracterizar o manto através dos xenólitos. A química mineral foi utilizada para caracterizar os minerais de xenólitos mantélicos e alguns minerais kimberlíticos, com aproveitamento para classificação de rocha. A área mapeada e os dois testemunhos descritos foram subdivididos em 9 unidades faciológicas principais, com base na estrutura, contatos, textura e associação mineral. Duas unidades, descritas em superfície, são correlacionáveis a outras duas descritas nos testemunhos. Estas fácies demonstram uma sucessão sedimentar grano-estrato decrescente interpretadas como produtos de fluxo de detritos e decantação em ambiente subaquoso, possivelmente lacustrino. As outras 5 unidades são distinguidas entre si pela estrutura, textura, tipo e proporção entre cristais, magmaclastos e xenólitos. Estas últimas foram interpretadas como sendo piroclásticas com base nasseguintes feições: (1) xenólitos mantélicos, crustais e de rochas encaixantes com borda de reação; (2) presença de lapili peletal com borda vítrea de resfriamento; (3) presença de magmaclastos amebóideis; (4) acumulações de cristais de olivinas em camadas; entre outras. Os xenólitos mantélicos foram caracterizados petrograficamente como granada-lherzolito e dunitos. A granada é composta predominantemente pela ) molécula piropo, sua composição química situa-se no campo de peridotito lherzolítico. A olivina é forsterítica, com Fo entre 0,90 e 0,92%. O ortopiroxênio predominante é enstatita. Dentre os clinopiroxênios identificam-se variedades de augita, diopsídio, onfacita e aegirina-augita. A geotermobarometria indica amostragem em condições de equilíbrio com o diamante. As análises químicas de flogopita kimberlítica situam-se no campo do kimberlito tipo I e do lamproíto, e seguem a linha de tendência do kimberlito tipo I. A composição da ilmenita localiza-se no campo de kimberlitos cratônicos. As análises indicaram que o kimberlito Régis apresenta potencial diamantífero, e as fácies caracterizadas podem ser empregadas visando um melhor aproveitamento da lavra.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.07.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IGC30900026340T T465 LV.e e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      THOMAZ, Leandro Vasconcelos; RUBERTI, Excelso. Estudo petrográfico e química mineral da intrusão kimberlítica Régis, no oeste de Minas Gerais. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44143/tde-19082009-094419/ >.
    • APA

      Thomaz, L. V., & Ruberti, E. (2009). Estudo petrográfico e química mineral da intrusão kimberlítica Régis, no oeste de Minas Gerais. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44143/tde-19082009-094419/
    • NLM

      Thomaz LV, Ruberti E. Estudo petrográfico e química mineral da intrusão kimberlítica Régis, no oeste de Minas Gerais [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44143/tde-19082009-094419/
    • Vancouver

      Thomaz LV, Ruberti E. Estudo petrográfico e química mineral da intrusão kimberlítica Régis, no oeste de Minas Gerais [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44143/tde-19082009-094419/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: