Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Sensibilidade de análises de raios X para detecção de injúrias mecânicas, imediatas e latentes, em sementes de soja e relações com o potencial fisiológico (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CARVALHO, TEREZA CRISTINA DE - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LPV
  • Subjects: ARMAZENAMENTO AGRÍCOLA; DANOS MECÂNICOS; RAIOS X; SEMENTES (VIGOR;FISIOLOGIA); SOJA
  • Language: Português
  • Abstract: As injúrias mecânicas, com efeitos imediatos e latentes, se caracterizam por causarem problemas para a produção de sementes de soja. O objetivo dessa pesquisa foi verificar a ocorrência de injúrias mecânicas, pelo teste de raios X em sementes de soja, colhidas com diferentes teores de água, determinar as possíveis alterações do potencial fisiológico das sementes, provocada por injúrias, logo após as colheitas e após seis meses de armazenamento, e comparar a utilização dos raios X e dos testes de hipoclorito de sódio e de tetrazólio, para detectar a ocorrência de diferentes graus de injúrias mecânicas nas sementes de soja. Para a pesquisa, foram utilizadas sementes de soja dos cultivares Embrapa 48 e FTS Águia que têm diferenças no teor de lignina do tegumento. As sementes foram produzidas e colhidas, manual e mecanicamente, com 18%, 15% e 12% de água e, imediatamente após a colheita, avaliadas quanto ao teor de água e às injúrias mecânicas. Após a secagem, a qualidade das sementes foi determinada pelos testes de germinação, emergência da plântula, tetrazólio (viabilidade e vigor), envelhecimento acelerado, hipoclorito de sódio e sanidade. Após a avaliação inicial, as sementes foram armazenadas (20°C e 45% UR) e analisadas após seis meses. Os resultados obtidos indicam que a utilização dos raios X possibilita a identificação das injúrias mecânicas, de efeito imediato, nas sementes de soja dos cultivares Embrapa 48 e FTS Águia, entretanto, as injúrias deefeitos latentes não são identificadas; o potencial fisiológico das sementes é afetado pelo tipo da colheita e pelo teor de água das sementes; o teste de raios X não tem a mesma eficiência que os testes de hipoclorito e de tetrazólio para determinar as injúrias mecânicas das sementes de soja
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.08.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500050312t633.34 C331s e.2 95015
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARVALHO, Tereza Cristina de; NOVEMBRE, Ana Dionisia da Luz Coelho. Sensibilidade de análises de raios X para detecção de injúrias mecânicas, imediatas e latentes, em sementes de soja e relações com o potencial fisiológico. 2009.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-10092009-102730/ >.
    • APA

      Carvalho, T. C. de, & Novembre, A. D. da L. C. (2009). Sensibilidade de análises de raios X para detecção de injúrias mecânicas, imediatas e latentes, em sementes de soja e relações com o potencial fisiológico. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-10092009-102730/
    • NLM

      Carvalho TC de, Novembre AD da LC. Sensibilidade de análises de raios X para detecção de injúrias mecânicas, imediatas e latentes, em sementes de soja e relações com o potencial fisiológico [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-10092009-102730/
    • Vancouver

      Carvalho TC de, Novembre AD da LC. Sensibilidade de análises de raios X para detecção de injúrias mecânicas, imediatas e latentes, em sementes de soja e relações com o potencial fisiológico [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-10092009-102730/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: