Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Aplicação do lodo de esgoto em cana-planta como fonte de nitrogênio e fósforo e seu impacto ambiental (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FRANCO, ADEMIR - CENA
  • USP Schools: CENA
  • Subjects: FERTILIDADE DO SOLO; METAIS PESADOS; NUTRIÇÃO VEGETAL; RESÍDUOS SÓLIDOS DOMÉSTICOS
  • Language: Português
  • Abstract: O potencial do uso agrícola do lodo de esgoto decorre da presença de matéria orgânica e de nutrientes de plantas, principalmente o nitrogênio e fósforo, constituintes de maior valor agrícola no lodo. No entanto, faltam pesquisas para adequar as doses complementares de adubos nitrogenado e fosfatado a serem aplicadas em área agrícola tratada com lodo. Não obstante aos benefícios evidentes da aplicação do lodo na agricultura, elementos potencialmente tóxicos (Ag, As, Ba, Be, Cd, Co, Cr, Cu, Hg, Ni, Pb, Sb, Se, Th, Tl, U, V, e Zn) podem estar presentes no lodo de esgoto e contaminar o ambiente e a cadeia alimentar. O objetivo do presente trabalho foi avaliar os efeitos de doses de lodo de esgoto e de adubos minerais nitrogenado e fosfatado sobre as propriedades químicas do solo e a produtividade, características tecnológicas, estado nutricional e elementos potencialmente tóxicos, como efeito direto, na cana-planta e, como efeito residual, na primeira soqueira. Foi instalado um experimento em área comercial de cultivo de cana-planta (no município de Capivari, Estado de São Paulo, Brasil), em setembro de 2005. Foram aplicadas quatro doses de lodo (0; 3,6; 7,2 e 10,8 t ha-1, base seca), de N (0, 30, 60 e 90 kg ha-1) e de P2O5 (0, 60, 120 e 180 kg ha-1), correspondentes a 0, 33, 66 e 100% do N e P recomendados para a cultura. (as dose de lodo foram calculadas com base no teor do N-disponível), em delineamento em blocos casualizados, em esquema fatorial, com duasrepetições. Para avaliar o efeito residual do lodo, após a colheita da cana-planta, foram aplicados 120 kg ha-1 de N e 140 kg ha-1 de K2O, em todas as parcelas. A cana-planta foi colhida em setembro de 2006 e a cana-soca em outubro de 2007. A aplicação dos fertilizantes minerais nitrogenado e fosfatado alterou somente as variáveis de produtividade e teores de N e P no solo e na planta. continua... ) Para as demais variáveis, em alguns casos, foi observado o efeito do lodo. A aplicação de lodo no plantio da cana, combinado ou não com adubo nitrogenado e/ou fosfatado, aumentou a produtividade de colmos de 84 a 118 t ha-1, sem alterar a qualidade tecnológica da cana-de-açúcar, em relação ao adubo NPK convencional, que produziu 91 t ha-1 de colmo. A aplicação do lodo de esgoto resultou em incremento no teor de C-orgânico, na camada de 0-0,2 m de profundidade. O tempo de persistência do lodo no solo foi superior a 360 dias. Os teores de P no solo aumentaram com a aplicação do lodo e do adubo fosfatado, passando de classe muito baixa para média. O fornecimento de N pelo lodo resultou em aumento do teor de N no solo e na planta. A aplicação do lodo resultou em aporte, em torno de três vezes a quantidade de Cd no solo anterior a aplicação do lodo, para o Zn, o aporte foi de 76%, o que refletiu em maiores teores dos elementos no solo e na partes da planta analisadas (folha, colmo e caldo). Foi observado aumento nos teores de Ag, Cd, Cu, Hg, Ni, V e Zn no solo e nacana-planta, e, como efeito residual, aumento nos teores de Ag, Cd, Hg e Zn no solo e na cana-soca com as doses de lodo. Concluiu-se que a aplicação do lodo de esgoto, na cana-planta, dentro dos critérios técnicos (Resolução CONAMA nº 375) promove: como efeito direto na cana-planta, melhoria da fertilidade do solo, pelo aumento no teor de C-orgânico e fornecimento de N e P; redução no uso de fertilizantes nitrogenado e fosfatado, respectivamente, em 100% e 30%; aumento da produtividade de colmo e de açúcar, sem alterar a qualidade tecnológica; e como efeito residual, na cana-soca, o aumento da produtividade de colmos em 12% e da produtividade de açúcar em até 11%; e não contaminação do ambiente canavieiro, solo e planta, por Ag, As, Ba, Be, Cd, Co, Cr, Cu, Hg, Ni, Pb, Sb, Se, Th, Tl, U, V, e Zn
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.08.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CENA12800011117-Se. 2 Referncia 11044
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FRANCO, Ademir; ABREU JUNIOR, Cassio Hamilton. Aplicação do lodo de esgoto em cana-planta como fonte de nitrogênio e fósforo e seu impacto ambiental. 2009.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64134/tde-18122009-111046/ >.
    • APA

      Franco, A., & Abreu Junior, C. H. (2009). Aplicação do lodo de esgoto em cana-planta como fonte de nitrogênio e fósforo e seu impacto ambiental. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64134/tde-18122009-111046/
    • NLM

      Franco A, Abreu Junior CH. Aplicação do lodo de esgoto em cana-planta como fonte de nitrogênio e fósforo e seu impacto ambiental [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64134/tde-18122009-111046/
    • Vancouver

      Franco A, Abreu Junior CH. Aplicação do lodo de esgoto em cana-planta como fonte de nitrogênio e fósforo e seu impacto ambiental [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64134/tde-18122009-111046/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: