Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Prevalência de anemia em idosos, causas de persistência ou recorrência e sua relação com demência (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTOS, ITAMAR DE SOUZA - FM
  • USP Schools: FM
  • Sigla do Departamento: MCM
  • Subjects: IDOSOS; DEMÊNCIA; ANEMIA (EPIDEMIOLOGIA); ANEMIA (ETIOLOGIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Anemia é doença freqüente e sua prevalência aumenta com a idade. Sua relação com demência vem sendo estudada nas últimas décadas, com resultados conflitantes. Este trabalho tem por objetivos (a) Estimar, de acordo com os critérios estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde, a prevalência de anemia em amostra populacional de idosos do distrito do Butantã; (b) Verificar se anemia evolui como doença persistente ou recorrente nessa população e quais etiologias são as determinantes mais freqüentes dessa evolução; e (c) Avaliar se existe associação entre anemia e demência nessa amostra. Foram avaliados os 1.948 participantes do São Paulo Ageing & Health Study (braço brasileiro do 10/66 Dementia Research Group) submetidos à avaliação de demência e coleta de hemograma. Encontrou-se anemia em 203 (10,4%) indivíduos. 777 participantes (39,9%) com níveis de hemoglobina no início do estudo ? 13,5g/dl foram convidados a uma etapa de reavaliação, ocorrida, em mediana, 25,9 meses (intervalo interquartil: 25,1-30,9 meses) após a entrada no estudo. Essa etapa consistiu em uma entrevista estruturada, exame clínico e realização de exames laboratoriais para determinar a presença e causa de anemia. Foram realizados hemograma completo, contagem de reticulócitos, índice de segmentação neutrofílica, dosagens séricas de ácido fólico, vitamina B12, proteína C-reativa, uréia, creatinina, ferro, capacidade total de ligação de ferro, ferritina e saturação de transferrina. Paraanálise, os participantes dessa fase foram divididos em dois grupos: (1) participantes com anemia no início do estudo (n=203) e (2) participantes com hemoglobina ? 13,5 g/dl, porém sem anemia no início do estudo (n=574). No grupo 1, 145 (71,4%) participantes completaram o seguimento. 40 (27,6%) estavam vivos e sem anemia; 57 (39,3%) tinham anemia persistente/recorrente e 48 (33,1%) faleceram antes da reavaliação, principalmente por causas cardiovasculares ou ) neoplásicas.As causas mais freqüentes de anemia persistente/recorrente foram doença renal (62%), inflamação crônica (35%), megaloblástica (18%), ferropriva (11%), outras (5%) e inexplicada (12%). No grupo 2, 341 (59,4%) completaram o seguimento. Anemia foi incidente em 34 (10,0%) indivíduos. As causas mais comuns foram doença renal (35%), inflamação crônica (29%), ferropriva (15%), megaloblástica (12%), outras (6%) e inexplicadas (26%). Demência foi diagnosticada em 99 (5,1%) dos 1.948 participantes com hemograma válido. A análise univariada mostrou relação positiva entre anemia e demência (razão de chances=2,0; intervalo de 95% de confiança=1,17-3,41). Entretanto, após ajuste para idade essa diferença evanesceu (razão de chances=1,33; intervalo de 95% de confiança=0,76-2,33). Não houve mudança do resultado após ajuste para variáveis conhecidas. Não se encontrou tampouco associação entre anemia e os subtipos de demência doença de Alzheimer, demência vascular e outros tipos de demência
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.09.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FM10700067968FM W4.DB8 SP.USP FM-2 S235pr 2009
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Itamar de Souza; BENSEÑOR, Isabela Judith Martins. Prevalência de anemia em idosos, causas de persistência ou recorrência e sua relação com demência. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5159/tde-05022010-164250/ >.
    • APA

      Santos, I. de S., & Benseñor, I. J. M. (2009). Prevalência de anemia em idosos, causas de persistência ou recorrência e sua relação com demência. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5159/tde-05022010-164250/
    • NLM

      Santos I de S, Benseñor IJM. Prevalência de anemia em idosos, causas de persistência ou recorrência e sua relação com demência [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5159/tde-05022010-164250/
    • Vancouver

      Santos I de S, Benseñor IJM. Prevalência de anemia em idosos, causas de persistência ou recorrência e sua relação com demência [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5159/tde-05022010-164250/