Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Perfil fenotípico e genotípico de leveduras isoladas da cavidade oral, sangue e cateter de neonatos internados em unidade de terapia intensiva neonatal de hospital terciário de São Paulo (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BATISTA, GEORGEA CARLA MATUURA DE - ICB
  • USP Schools: ICB
  • Sigla do Departamento: BMM
  • Subjects: INFECÇÃO HOSPITALAR; CANDIDA; CANDIDÍASE; NEONATOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Leveduras da mucosa oral, de cateter e de sangue de neonatos internados na UTIN (Unidade de Terapia Intensiva Neonatal) por período de 9 meses, foram avaliadas quanto ao perfil molecular pela técnica de PFGE. Dos 125 neonatos internados, 23 (18,4%) apresentaram leveduras na mucosa oral, sangue e cateter. Destes pacientes, obtivemos 54 amostras de leveduras, sendo 36 (66,7%) isoladas da colonização oral; 12 (22,2%) de sangue, seis (11,1%) de cateter. C. albicans foi a mais freqüente dentre as amostras isoladas da mucosa oral e sepse. C. parapsilosis foi a mais isolada dentre as amostras de cateter. Todas as amostras foram consideradas sensíveis aos antifúngicos. Estas amostras apresentaram atividade de pelo menos uma exoenzima. Dentre os 12 casos de sepse, 83,4% (10/12) foram causadas por espécies de Candida, sendo que, destas 10 candidemias, 60% (6/10) estiveram associadas com colonização oral prévia pela mesma espécie e perfil genotípico. A mortalidade devido a infecção sistêmica (septicemia) por leveduras,no período do estudo, foi de 91.6%
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.10.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ICB12100024967T-ICB BMM QW4 B333pf 2009
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BATISTA, Georgea Carla Matuura de; PAULA, Claudete Rodrigues. Perfil fenotípico e genotípico de leveduras isoladas da cavidade oral, sangue e cateter de neonatos internados em unidade de terapia intensiva neonatal de hospital terciário de São Paulo. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42132/tde-10022010-093505/ >.
    • APA

      Batista, G. C. M. de, & Paula, C. R. (2009). Perfil fenotípico e genotípico de leveduras isoladas da cavidade oral, sangue e cateter de neonatos internados em unidade de terapia intensiva neonatal de hospital terciário de São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42132/tde-10022010-093505/
    • NLM

      Batista GCM de, Paula CR. Perfil fenotípico e genotípico de leveduras isoladas da cavidade oral, sangue e cateter de neonatos internados em unidade de terapia intensiva neonatal de hospital terciário de São Paulo [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42132/tde-10022010-093505/
    • Vancouver

      Batista GCM de, Paula CR. Perfil fenotípico e genotípico de leveduras isoladas da cavidade oral, sangue e cateter de neonatos internados em unidade de terapia intensiva neonatal de hospital terciário de São Paulo [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42132/tde-10022010-093505/