Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Agentes comunitários de saúde: expectativas e crenças acerca do uso de álcool (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SOBREIRA, EMMANUELLE SILVA TAVARES - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: ALCOOLISMO; AGENTES DE SAÚDE; ATITUDES; EXPECTATIVAS
  • Language: Português
  • Abstract: O uso de álcool é um grave problema de saúde pública, sendo necessária à implantação de estratégias na atenção básica de saúde que atuem na prevenção das conseqüências geradas por este problema. Este trabalho se propôs verificar se as expectativas e as crenças em relação ao uso de álcool entre agentes comunitários de saúde estão associadas à prontidão para aplicação das Estratégias de Diagnóstico e Intervenções Breves (EDIB). Para tal foi realizado um estudo do tipo observacional, transversal sobre uma amostra de 149 agentes comunitários de saúde, provenientes das equipes de atenção básica da região de Ribeirão Preto, que participaram de treinamentos em EDIB do Programa de Ações Integradas para Prevenção e Atenção ao Uso de Álcool e Drogas na Comunidade (PAI-PAD) no período de 2003 a 2006. Os dados foram coletados a partir de um Caderno de Questões aplicados antes dos treinamentos em EDIB. Desse cademo foram utilizados: IECPA para avaliar as expectativas e crenças pessoais a cerca do álcool; Questionário para profissionais da atenção primária sobre práticas relacionadas ao uso de álcool e drogas, desenvolvido pela OMS, para investigar crenças, práticas e conceitos sobre à auto-eficácia na prevenção do uso de risco de álcool. Este instrumento é composto por três partes e para o presente trabalho foram selecionadas algumas questões da terceira parte. Para avaliar a prontidão dos agentes comunitários de saúde para aplicar as EDIB foi utilizado o Questionário deProntidão para mudança (RTC). Também foi utilizado um Questionário sócio-demográfico para informações sócio-demográficas e características da equipe. A partir das análises foram obtidos os seguintes resultados: Os ACS apresentaram uma média no escore total do IECPA de 88,7 (DP = 40,9). Os 12,8% dos ACS que foram identificados com alta expectativa e conseqüente risco de ser ou vir a ser dependente de álcool obtiveram uma média no escore do IECPA de 177,1 DP = 42,8). Ao responderem o Questionário para profissionais da atenção primária sobre práticas relacionadas ao uso de álcool e drogas, a maioria dos ACS apresentou crenças e atitudes positivas no que diz respeito à detecção e a intervenção no uso abusivo de álcool. Cerca de 74% dos ACS estavam em pré-contemplação no que se refere a prontidão para aplicação das EDIB. Foi encontrada correlação entre o IECPA e o RTC (Correlação de Spearman, r = -0,178; p= 0.03) sugerindo que as expectativas positivas com relação ao álcool podem influenciar a prontidão para aplicação das EDIB, ou seja, à predisposição para realizar prevenção e promoção de saúde. Além disso, foi verificado que há uma tendência das expectativas diminuírem com o aumento da idade (Correlação de Spearman, r= -0, 166; p= 0,04), sendo encontrado escore no IECPA maior para os ACS com :5 30 anos (Non- parametric Chi-Square, value= 7,8; p=0,02). Deste modo, podemos concluir que, para que ocorra mudança no comportamento do indivíduono que diz respeito à saúde, é preciso que, tais mudanças estejam associadas a fatores como crenças, expectativas e valores que cada sujeito apresenta sobre os possíveis problemas de saúde que possam ocorrer. Sugere que ocorre uma redução da prontidão para atitudes preventivas à medida que as expectativas positivas acerca do álcool estão aumentadas, assim como quanto mais novo for o ACS maiores serão essas expectativa e menor será sua disposição para aplicação das EDIB.Também se pode inferir que é necessário cuidar da saúde destes profissionais para que os mesmos possam atuar de forma eficaz na promoção de saúde e prevenção de doenças
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.09.2009

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOBREIRA, Emmanuelle Silva Tavares; FURTADO, Erikson Felipe. Agentes comunitários de saúde: expectativas e crenças acerca do uso de álcool. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009.
    • APA

      Sobreira, E. S. T., & Furtado, E. F. (2009). Agentes comunitários de saúde: expectativas e crenças acerca do uso de álcool. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Sobreira EST, Furtado EF. Agentes comunitários de saúde: expectativas e crenças acerca do uso de álcool. 2009 ;
    • Vancouver

      Sobreira EST, Furtado EF. Agentes comunitários de saúde: expectativas e crenças acerca do uso de álcool. 2009 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019