Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A CUT no governo Lula: da defesa da "liberdade e autonomia" à reforma sindical inconclusa (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LADOSKY, MARIO HENRIQUE GUEDES - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Subjects: SINDICALISMO (ANÁLISE;REFORMA); CORPORATIVISMO (ASPECTOS POLÍTICOS); TRABALHADORES (ORGANIZAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: Esta tese trata da relação entre a CUT e a estrutura sindical corporativa no Brasil. O tema já foi amplamente estudado pela sociologia no meio acadêmico, e da mesma forma tem sido elemento de reflexão e debate entre dirigentes e militantes sindicais. Nesse sentido, a originalidade deste trabalho é revisitar o tema e analisa-lo à luz do contexto do governo Lula, eleito em 2002 para seu primeiro mandato como presidente da República com a plataforma de modernização da legislação sindical através de uma reforma sindical negociada por representantes do governo, empresariado e trabalhadores no Fórum Nacional do Trabalho (FNT). Desse ponto de vista, essa tese se apropria de um debate já estabelecido sobre o conceito de corporativismo e faz um resgate histórico da CUT, dos anos 1980 aos dias atuais, enfatizando suas vicissitudes e contradições para a superação do modelo herdado da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), nas décadas de 1930 e 1940. Dentro desse percurso, a instauração do governo Lula, apoiado pela CUT, acarretou possibilidades de avanços e conquistas sociais e em direção à liberdade e autonomia sindical, do mesmo modo que tensionou internamente as relações entre as correntes políticas da CUT ao colocar em pauta questões inéditas em sua trajetória como o ajuste entre a defesa de um governo identificado com bandeiras populares e a manutenção de uma postura autônoma e independente na defesa dos interesses dos trabalhadores. A partir da trajetória daCUT, indicamos que essa central sindical conserva ainda elementos do corporativismo estatal, mas sua ação política em defesa da liberdade e autonomia sindical ao longo de sua história e também no FNT, ainda que não tenha sido conquistada, permitiu introduzir mudanças não previstas inicialmente na estrutura sindical oficial, logrando êxito parcial ao introduzir elementos do neocorporativismo e do pluralismo nas ) relações sindicais no Brasil.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.08.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH20900039898T LADOSKY, M. H. G. 2009
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LADOSKY, Mario Henrique Guedes; RODRIGUES, Iram Jácome. A CUT no governo Lula: da defesa da "liberdade e autonomia" à reforma sindical inconclusa. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-07122009-115001/ >.
    • APA

      Ladosky, M. H. G., & Rodrigues, I. J. (2009). A CUT no governo Lula: da defesa da "liberdade e autonomia" à reforma sindical inconclusa. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-07122009-115001/
    • NLM

      Ladosky MHG, Rodrigues IJ. A CUT no governo Lula: da defesa da "liberdade e autonomia" à reforma sindical inconclusa [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-07122009-115001/
    • Vancouver

      Ladosky MHG, Rodrigues IJ. A CUT no governo Lula: da defesa da "liberdade e autonomia" à reforma sindical inconclusa [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-07122009-115001/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: