Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Organização do trabalho e saúde dos trabalhadores: estudo com bancários do município de Uberaba-MG (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVA, JULIANA LEMOS - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: BANCÁRIOS; SAÚDE OCUPACIONAL; DOENÇAS OCUPACIONAIS
  • Language: Português
  • Abstract: O setor bancário brasileiro passou por intenso processo de transformação nas últimas décadas e ocupou posição de liderança na incorporação de novas tecnologias e inovações organizacionais. A reestruturação produtiva observada no setor objetivou ajustá-lo às novas formas de acumulação capitalista: a intensa informatização do trabalho bancário e outras mudanças estruturais do setor afetaram não apenas a natureza dos produtos, mas também o próprio comportamento dos mercados, o que resultou em mudanças significativas nas condições de trabalho e, conseqüentemente, na saúde dos trabalhadores. Este estudo teve por objetivo investigar as condições de trabalho dos bancários de uma instituição privada em Uberaba, MG, Brasil, na tentativa de identificar em que medida as mudanças na organização do trabalho interferiram em sua saúde. A coleta de dados se deu através de entrevistas gravadas com onze bancários pertencentes a diferentes níveis hierárquicos, de ambos os sexos, e os critérios de inclusão adotados foram: a. que o entrevistado tivesse vínculo empregatício com a instituição quando da realização da pesquisa e, b. que metade dos entrevistados tivesse, no mínimo, dez anos de carreira na instituição. Os contatos com os trabalhadores foram mediados pelo sindicato da categoria. A reconstituição do processo de trabalho, na perspectiva dos bancários, denuncia que além de adoecimentos de ordem física, como as doenças ocupacionais diretamente relacionadas àintensificação do ritmo de trabalho, ocorreram também o aumento da incidência do sofrimento mental e a perda da identidade e da valorização profissional, em decorrência das novas exigências da profissão. A maioria dos entrevistados, independente de seu tempo de contratação, afirmou que o trabalho bancário perdeu seu status. Predominaram nos depoimentos sentimentos de frustração e insegurança em relação à carreira. Os dados revelaram também preocupação com a pressão psicológica sofrida, principalmente no que se refere ao cumprimento de metas. Expressões como desgaste mental, estresse, depressão, pressão psicológica, medo, incerteza e insegurança estiveram presentes na maioria dos depoimentos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.10.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200038100Silva, Juliana Lemos
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Juliana Lemos; NAVARRO, Verra Lúcia. Organização do trabalho e saúde dos trabalhadores: estudo com bancários do município de Uberaba-MG. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-28102009-153913/ >.
    • APA

      Silva, J. L., & Navarro, V. L. (2009). Organização do trabalho e saúde dos trabalhadores: estudo com bancários do município de Uberaba-MG. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-28102009-153913/
    • NLM

      Silva JL, Navarro VL. Organização do trabalho e saúde dos trabalhadores: estudo com bancários do município de Uberaba-MG [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-28102009-153913/
    • Vancouver

      Silva JL, Navarro VL. Organização do trabalho e saúde dos trabalhadores: estudo com bancários do município de Uberaba-MG [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-28102009-153913/