Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

O Brasil pegou a doença holandesa? (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SOUZA, CRISTIANO RICARDO SIQUEIRA DE - FEA
  • USP Schools: FEA
  • Subjects: ECONOMIA INTERNACIONAL; EXPORTAÇÃO; RECURSOS NATURAIS (EXPLORAÇÃO); MANUFATURA; CÂMBIO (ECONOMIA) (VARIAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: De acordo com um ramo da literatura do comércio internacional, aumento expressivo nos preços de recursos naturais pode causar forte crescimento na receita de exportação desses bens, que causaria apreciação da taxa real de câmbio e perda de competitividade das exportações e da produção de bens manufaturados. Em casos extremos, haveria encolhimento desse setor, efeito denominado desindustrialização. Esse conjunto de efeitos é comumente denominado doença holandesa. A apreciação da taxa de câmbio no Brasil, experimentada a partir de 2003, gerou debate entre economistas, acadêmicos ou não, a respeito da possível ocorrência de sintomas da doença holandesa no Brasil. A maior parte desses trabalhos e opiniões se amparou em observações dos dados para tomar posição a favor ou contra a ocorrência do fenômeno, sem aparente consenso. Este trabalho busca testar a hipótese do país ter apresentado sintomas da doença holandesa no período de 1999 a 2008 e contribuir com a literatura através do emprego de técnicas econométricas tradicionalmente observadas em trabalhos sobre o tema, abordagem essa distinta e inédita para o caso brasileiro. A estimação de relações de cointegração (VECM) mostrou ligação positiva entre preços de commodities e a taxa real de câmbio no Brasil, principalmente a partir de 2003, porém não corroborou a relação negativa entre os mesmos e exportações e produção de bens manufaturados que seria necessária na ocorrência da doença holandesa. O emprego da equação degravitação para analisar a ligação entre esses preços e as exportações de bens manufaturados em um painel de 172 países tampouco encontrou indícios da ocorrência desse fenômeno. Concluiu-se, portanto, que entre 1999 e 2008 não há evidências indicativas de que o Brasil tenha apresentado os sintomas da doença holandesa
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.11.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FEA20600039694T337 S729b e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOUZA, Cristiano Ricardo Siqueira de; KANCZUK, Fabio. O Brasil pegou a doença holandesa?. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12138/tde-18122009-092539/ >.
    • APA

      Souza, C. R. S. de, & Kanczuk, F. (2009). O Brasil pegou a doença holandesa?. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12138/tde-18122009-092539/
    • NLM

      Souza CRS de, Kanczuk F. O Brasil pegou a doença holandesa? [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12138/tde-18122009-092539/
    • Vancouver

      Souza CRS de, Kanczuk F. O Brasil pegou a doença holandesa? [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12138/tde-18122009-092539/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: