Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Adaptações neurais na medula espinhal de humanos para diferentes tipos de treinamento físico (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MATTOS, EUGêNIA CASELLA TAVARES DE - IP
  • USP Schools: IP
  • Sigla do Departamento: PSE
  • Subjects: PLASTICIDADE NEURONAL; REFLEXO H; ATIVIDADE FÍSICA; MEDULA ESPINHAL; SINAPSE
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução:As adaptações neurais ao treinamento físico vêm sendo amplamente estudadas e a medula espinhal é um dos locais de possível adaptação. No entanto nenhuma avaliação longitudinal havia sido feita diretamente sobre as circuitarias inibitórias medulares. Até o presente momento as alterações eram somente suposições. O presente trabalho verificou as circuitarias medulares responsáveis pela inibição recíproca (IR) e inibição pré-sináptica (IPS) em sujeitos submetidos a diferentes treinamentos. Materiais e Métodos: Para o treino aeróbico (resistência) foram avaliados 25 soldados submetidos ao treinamento militar do Exército Militar Brasileiro. Foram feitas 3 avaliações uma pré-treino e outras duas com 3 e 9 meses após o inicio das atividades no ano de 2006. Outros 29 sujeitos foram divididos em 3 grupos: controle (permaneceram 8 semanas sem atividades de reinamento), grupo de treino de força máxima e treino de potência. Eles foram submetidos a 8 semanas de treino, realizado com séries de agachamento livre com peso. Para avaliação das circuitarias medulares foi utilizado o reflexo H do sóleus condicionado com estímulos no nervo fibular comum (NFC) - que inerva o músculo tibial anterior (TA). O intervalo entre o estímulo condicionante e o estímulo teste determinou a avaliação da IR, da inibição D1 e da inibição D2 (IPS). Outras variáveis também foram calculadas como: contração voluntária máxima isométrica (CVM) do sóleus e TA e seus respectivoseletromiogramas (EMG), relação elétrica e mecânica entre Hmax/Mmax e condicionamento do EMG do sóleus por estímulos no NFC. Foram feitas análises pareadas com teste t-student para o grupo militar e ANOVA two-way para comparação dos grupos de força máxima e potência com o grupo controle. Principais Resultados: O grupo do exército apresentou aumento na força do sóleus e do TA, juntamente com aumento no RMS do EMG do sóleus e do ) torque gerado pela onda Mmax, sem alterações nos relações Hmax/Mmax. O treinamento militar reduziu significativamente a inibição D1 e mostrou tendências a aumento da IPS. O grupo de força máxima não mostrou aumento de força isométrica, no entanto apresentou aumento na relação elétrica Hmax/Mmax, com concomitante redução da IR e aumento da IPS. O grupo de potência mostrou ganho na força máxima isométrica somente do sóleus. A capacidade de gerar torque reflexamente também aumentou neste grupo, com aumento significativo na relação mecânica Hmax/Mmax. Esta melhora na utilização do arco reflexo também foi verificada com redução da IPS e aumento da IR neste grupo.Conclusões: Estes resultados mostraram que a medula espinal sofre plasticidade nas vias inibitórias IR, inibição D1 e D2, e que esta plasticidade é dependente do tipo de tarefa realizada.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.03.2009
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MATTOS, Eugênia Casella Tavares de; KOHN, André Fábio. Adaptações neurais na medula espinhal de humanos para diferentes tipos de treinamento físico. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47135/tde-26082009-150531/ >.
    • APA

      Mattos, E. C. T. de, & Kohn, A. F. (2009). Adaptações neurais na medula espinhal de humanos para diferentes tipos de treinamento físico. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47135/tde-26082009-150531/
    • NLM

      Mattos ECT de, Kohn AF. Adaptações neurais na medula espinhal de humanos para diferentes tipos de treinamento físico [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47135/tde-26082009-150531/
    • Vancouver

      Mattos ECT de, Kohn AF. Adaptações neurais na medula espinhal de humanos para diferentes tipos de treinamento físico [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47135/tde-26082009-150531/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019