Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Mecanismos de ação de metaloproteases endógenas na injúria de queratinócitos humanos induzida pelo veneno de Loxosceles laeta e a SMase I (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CORRÊA, MARA ADRIANA - ICB
  • USP Schools: ICB
  • Sigla do Departamento: BMI
  • Subjects: ARANHAS; ARACNÍDEOS; VENENOS DE ORIGEM ANIMAL; METALOPROTEINASES; CÉLULAS EPITELIAIS; LIPÍDEOS
  • Language: Português
  • Abstract: O envenenamento por aranhas Loxosceles é caracterizado pelo desenvolvimento de dermonecrose. A expressão de metaloproteases induzidas pelas esfingomielinases do veneno pode estar envolvida no loxoscelismo cutâneo. Os resultados mostraram que o veneno de Loxosceles laeta e a proteína recombinante SMase I foram capazes de: induzir a expressão de metaloproteases (MMP-2, MMP-7 e MMP-9); diminuir a expressão de alguns marcadores de superfície e causar morte celular. A indução de MMP-7, como produto da ação do veneno e da SMase I de L. laeta, não foi reportada em outras espécies do gênero. O uso de inibidores de metaloproteases, como a tetraciclina, impediu a morte celular e reduziu a expressão de MMPs. A galardina, um composto que inibe metaloproteases da família das adamlisinas e das MMPs, evitou a clivagem dos marcadores MCP, β2-microglobulina, MHCI, EPCR em queratinócitos humanos tratados. Os resultados revelam que a inibição das metaloproteases de matriz extracelular e da família das adamlisinas pode ser uma alternativa eficaz no tratamento do loxoscelismo cutâneo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.12.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ICB12100025088T-ICB BMI QW504 C824ma 2009
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CORRÊA, Mara Adriana; TAMBOURGI, Denise Vilarinho. Mecanismos de ação de metaloproteases endógenas na injúria de queratinócitos humanos induzida pelo veneno de Loxosceles laeta e a SMase I. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42133/tde-27012010-095359/?&lang=pt-br >.
    • APA

      Corrêa, M. A., & Tambourgi, D. V. (2009). Mecanismos de ação de metaloproteases endógenas na injúria de queratinócitos humanos induzida pelo veneno de Loxosceles laeta e a SMase I. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42133/tde-27012010-095359/?&lang=pt-br
    • NLM

      Corrêa MA, Tambourgi DV. Mecanismos de ação de metaloproteases endógenas na injúria de queratinócitos humanos induzida pelo veneno de Loxosceles laeta e a SMase I [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42133/tde-27012010-095359/?&lang=pt-br
    • Vancouver

      Corrêa MA, Tambourgi DV. Mecanismos de ação de metaloproteases endógenas na injúria de queratinócitos humanos induzida pelo veneno de Loxosceles laeta e a SMase I [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42133/tde-27012010-095359/?&lang=pt-br