Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação do parâmetro fisiológico em relação ao vigor das sementes de fumo (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CARVALHO, CRISTIANE DE - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LPV
  • Subjects: CONTROLE DA QUALIDADE; FISIOLOGIA VEGETAL; FUMO; GERMINAÇÃO DE SEMENTES (VIGOR)
  • Language: Português
  • Abstract: Essa pesquisa objetivou avaliar métodos para estimar o vigor das sementes de fumo (Nicotiana tabacum L.) variedade Virgínia, cultivar CSC 439, nuas e peletizadas representadas por cinco lotes de sementes. Essas sementes foram submetidas aos seguintes testes de vigor: condutividade elétrica (0,5; 0,8; e 1,0 g e 2,5; 4,0 e 5,0 g de sementes nuas e peletizadas, respectivamente, hidratadas por 2, 4, 6, 8 e 24h em 25 mL de água destilada à 25 °C), envelhecimento acelerado (41 °C e 43 °C por 12 e 24h) com água (100% UR) e com solução salina de NaCl saturada (76% UR) e deterioração controlada (graus de umidade de 20% e 24% para sementes nuas e 8% e 12% para peletizadas, a 40 °C e 43 °C por 24 e 48h). As avaliações foram realizadas aos 7, aos 10 e aos 16 DAS (dias após a semeadura). Adicionalmente foi determinado o grau de umidade e realizados os testes de germinação, de primeira contagem de germinação e, a emergência da plântula e a velocidade de emergência da plântula. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado com quatro repetições. Os dados foram submetidos separadamente à análise de variância e a comparação das médias pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. Todas as análises foram repetidas uma vez. Conclui-se que o teste de condutividade elétrica não é eficiente para ordenar os lotes de semente de fumo, nuas e peletizadas, em diferentes níveis de vigor. Para o teste de envelhecimento acelerado as condições mais adequadas são 41 ºC por 12 horas de exposição com avaliação aos 7 dias após a semeadura, utilizando água (100% UR) para as sementes nuas e solução salina de NaCl (76% UR) para as sementes peletizadas. Para o teste de deterioração controlada, as combinações mais adequadas para as sementes nuas são 24% de água, exposição a 43 °C por 24h e avaliação aos 7 dias após a semeadura e para as sementes peletizadas8 % de água a 43 °C por 48h e avaliação aos 16 dias
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.01.2010
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500055695t633.71 C331a e.2 95870
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARVALHO, Cristiane de; NOVEMBRE, Ana Dionisia da Luz Coelho. Avaliação do parâmetro fisiológico em relação ao vigor das sementes de fumo. 2010.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-23022010-075911/ >.
    • APA

      Carvalho, C. de, & Novembre, A. D. da L. C. (2010). Avaliação do parâmetro fisiológico em relação ao vigor das sementes de fumo. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-23022010-075911/
    • NLM

      Carvalho C de, Novembre AD da LC. Avaliação do parâmetro fisiológico em relação ao vigor das sementes de fumo [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-23022010-075911/
    • Vancouver

      Carvalho C de, Novembre AD da LC. Avaliação do parâmetro fisiológico em relação ao vigor das sementes de fumo [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-23022010-075911/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: