Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Incidência de cárie em crianças e adolescentes com paralisia cerebral no contexto brasileiro (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CAMARGO, MARCELA APARECIDA FERREIRA DE - FO
  • USP Schools: FO
  • Subjects: PACIENTES ESPECIAIS EM ODONTOLOGIA; CÁRIE DENTÁRIA (DIAGNÓSTICO;TRATAMENTO;PREVENÇÃO E CONTROLE); PARALISIA CEREBRAL (DIAGNÓSTICO); EPIDEMIOLOGIA (ESTUDO COMPARATIVO)
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste estudo é determinar a incidência de cárie e sua relação com fatores sociodemográficos, clínicos e comportamentais em pacientes com paralisia cerebral no período de quatro anos. Uma única dentista efetuou o exame bucal em 118 crianças e adolescentes (5 a 20 anos de idade) com paralisia cerebral, entre fevereiro e junho de 2008, seguindo os critérios propostos pela Organização Mundial da Saúde para levantamentos epidemiológicos de saúde bucal (condição de coroa dentária e necessidade de tratamento). A coorte foi iniciada em 2004 para o Estudo da prevalência de cárie em pacientes portadores de paralisia cerebral na Associação de Assistência à Criança Deficiente de São Paulo. As informações sociodemográficas (renda familiar, grau de instrução do cuidador, condição de moradia, distância percorrida da residência ao local da assistência), clínicas (tipo e distribuição da paralisia cerebral, prevalência prévia de cárie) e comportamentais (condição de higiene bucal, ingestão de açúcar e medicamentos) foram obtidas por meio de questionário semiestruturado aplicado em entrevista com o cuidador. A experiência de cárie foi expressa pelos índices CPO-D e ceo-s. Os resultados mostraram incidência de cárie relativamente elevada, com uma média de 1,91 dentes afetados por pessoa no período de estudo. Na análise multivariada, a incidência de cárie associou-se com fatores sociodemográficos, sendo mais elevada para pacientes com um ou mais irmãos e cuidadores familiares com baixo grau de instrução. A frequência elevada de ingestão de açúcar foi identificada como fator comportamental associado à incidência de cárie; e a experiência prévia de cárie foi indicada como fator clínico associado à incidência do agravo. O reconhecimento de fatores associados à incidência de cárie pode contribuir para o planejamento da assistência odontológica e outras iniciativas de promoção dasaúde bucal desses pacientes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.12.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FO11500011903CRFO1010
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAMARGO, Marcela Aparecida Ferreira de; ANTUNES, Jose Leopoldo Ferreira. Incidência de cárie em crianças e adolescentes com paralisia cerebral no contexto brasileiro. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23148/tde-26022010-090028/ >.
    • APA

      Camargo, M. A. F. de, & Antunes, J. L. F. (2009). Incidência de cárie em crianças e adolescentes com paralisia cerebral no contexto brasileiro. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23148/tde-26022010-090028/
    • NLM

      Camargo MAF de, Antunes JLF. Incidência de cárie em crianças e adolescentes com paralisia cerebral no contexto brasileiro [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23148/tde-26022010-090028/
    • Vancouver

      Camargo MAF de, Antunes JLF. Incidência de cárie em crianças e adolescentes com paralisia cerebral no contexto brasileiro [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23148/tde-26022010-090028/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: