Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

O papel da atenção humana na comunicação cão-ser humano por meio de um teclado (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: REDIGOLO, CARINE SAVALLI - IP
  • USP Schools: IP
  • Subjects: CÃES; COMUNICAÇÃO ANIMAL; ATENÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: O estudo da comunicação animal-ser humano mediada por signos arbitrários concentrou-se tradicionalmente em chimpanzés, bonobos, golfinhos e papagaios. O cão doméstico (Canis familiaris), na medida em que adaptado pela domesticação à interação com o ser humano, constitui um modelo interessante para a análise dos processos de comunicação interespecíficos. Sofia, o sujeito do presente estudo, é uma cadela treinada a usar um teclado, pressionando teclas com símbolos arbitrários (lexigramas), para comunicar desejos (Rossi & Ades, 2008). A questão examinada aqui foi a capacidade de Sofia levar em conta, quando usa o teclado, os sinais de atenção do ser humano e o acesso visual deste ao teclado. Para tanto, foram realizadas três séries de experimentos. Na primeira série de experimentos Sofia devia escolher entre dois teclados idênticos, a partir do aspecto dos experimentadores que permaneciam em frente a cada um deles: (1) condição de orientação corporal (OC): um experimentador de frente,outro de costas; (2) condição de visibilidade dos olhos (VO): um experimentador com venda nos olhos, outro sem venda. Numa segunda série de experimentos, Sofia, depois de usar o teclado, devia escolher entre dois experimentadores para receber o pedido, (3) condição OCexp: um experimentador de frente, o outro de costas; (4) condição VOexp: um experimentador com venda nos olhos, o outro sem. Finalmente, na terceira série de experimentos, Sofia devia escolher entre dois teclados, um delessituado atrás de um anteparo opaco, fora do campo de visão do experimentador e o outro visível: (5) condição AA: anteparo opaco alto; (6) condição AB: anteparo opaco baixo; (7) condição AT: anteparo opaco baixo de um lado, anteparo transparente baixo do outro. ) Sofia não escolheu em proporção significativa o teclado próximo aos experimentadores que poderiam vê-la (OC, VO), entretanto escolheu significativamente o experimentador situado de frente a ela (OCexp) para receber o alimento, sem contudo manifestar preferência no caso VOexp, resultados que indicam que Sofia é capaz de levar em conta um sinal de atenção (posição frentecostas) quando se dirige diretamente para o experimentador. Nos experimentos com anteparos, observou-se escolha quase que total da alternativa sem anteparo ou com anteparo transparente (AA, AB e AT), resultado que demonstra a sensibilidade de Sofia à condição de acesso visual do experimentador ao teclado
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.01.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IP12300025126T QL795.D6 R317p e.1
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      REDÍGOLO, Carine Savalli; ADES, César. O papel da atenção humana na comunicação cão-ser humano por meio de um teclado. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-16122009-161632 >.
    • APA

      Redígolo, C. S., & Ades, C. (2009). O papel da atenção humana na comunicação cão-ser humano por meio de um teclado. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-16122009-161632
    • NLM

      Redígolo CS, Ades C. O papel da atenção humana na comunicação cão-ser humano por meio de um teclado [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-16122009-161632
    • Vancouver

      Redígolo CS, Ades C. O papel da atenção humana na comunicação cão-ser humano por meio de um teclado [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-16122009-161632