Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Determinantes da qualidade de vida no trabalho dos funcionários não docentes da Universidade de São Paulo (USP): o papel da nutrição e da qualidade de vida em geral (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: NESPECA, MILENA - NUTHUMANA
  • USP Schools: NUTHUMANA
  • Subjects: NUTRIÇÃO (ASPECTOS ECONÔMICOS); AVALIAÇÃO NUTRICIONAL; QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO
  • Language: Português
  • Abstract: A Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) tem sido objeto de preocupação entre profissionais de diferentes áreas e muitas vezes é avaliada como sendo o bem-estar do trabalhador durante a execução de sua tarefa. A satisfação no trabalho tem se tornado um conceito chave dentro das pesquisas de QVT. Alguns estudos têm apontado a importância da mensuração da satisfação profissional e sugerido a associação da satisfação no trabalho com melhor Qualidade de Vida (QV) e menor índice de estresse relacionado ao trabalho e com a produtividade. No setor público fala-se pouco em Gestão da QVT, porém percebe-se que o tema vem ganhando espaço nesse setor. As pesquisas relativas ao bem-estar dos trabalhadores encaminham-se no sentido de identificar se as categorias organizacionais interferem positiva ou negativamente sobre esses. Neste estudo, considerou-se a QVT sob a perspectiva de avaliação do funcionário de dois aspectos do ambiente de trabalho: a sua ocupação específica e as ações que a Universidade desenvolve que podem influenciar o bem estar no trabalho. O objetivo geral foi estudar os determinantes da QVT dos funcionários não docentes da Universidade de São Paulo (USP). A amostra estudada era relativamente jovem, com o predomínio de mulheres, elevada escolaridade, e alta incidência de sobrepeso e obesidade, bem acima da média nacional que é de 40% de excesso de peso. Em relação a qualidade da alimentação dos funcionários a maioria (83%) necessita ser melhorada, há um baixo consumo de alimentos fonte de fibras como as frutas e as verduras e um alto consumo de carnes em geral e ovos, o que ultrapassou os limites de recomendação de proteínas e gorduras saturadas. De maneira geral, esses funcionários apresentaram-se satisfeitos com a sua QVT, fosse ela medida em relação a sua ocupação, fosse ela medida em relação às ações da USP para o seu bem-estar, fosse ainda, em relação àagregação dessas duas perspectivas. As hipóteses iniciais do estudo referiam-se ao impacto do estado nutricional sobre a QVT, mais especificamente, o efeito negativo do sobrepeso sobre a QVT; e ao impacto da QV em geral sobre a QVT. A primeira hipótese se confirmou, não importando a forma de mensurar a QVT, ao passo que a QV mostrou-se ter um papel importante apenas em relação à QVT medida em relação à ocupação específica, ao passo que a escolaridade mostrou-se importante para uma avaliação mais crítica sobre as ações da organização. Poderíamos então concluir que cuidar do estado nutricional dos seus funcionários é uma ação fundamental para melhorar não apenas o bem-estar do funcionário, mas também o nível de produtividade dentro da empresa, ao passo que funcionários com maior nível de escolaridade terão sempre um olhar mais crítico acerca das ações de QVT da organização, mesmo sendo ela do setor público
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.10.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CQ30100016552T641.1 N462d
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NESPECA, Milena; CYRILLO, Denise Cavallini. Determinantes da qualidade de vida no trabalho dos funcionários não docentes da Universidade de São Paulo (USP): o papel da nutrição e da qualidade de vida em geral. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/89/89131/tde-15122009-142609/ >.
    • APA

      Nespeca, M., & Cyrillo, D. C. (2009). Determinantes da qualidade de vida no trabalho dos funcionários não docentes da Universidade de São Paulo (USP): o papel da nutrição e da qualidade de vida em geral. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/89/89131/tde-15122009-142609/
    • NLM

      Nespeca M, Cyrillo DC. Determinantes da qualidade de vida no trabalho dos funcionários não docentes da Universidade de São Paulo (USP): o papel da nutrição e da qualidade de vida em geral [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/89/89131/tde-15122009-142609/
    • Vancouver

      Nespeca M, Cyrillo DC. Determinantes da qualidade de vida no trabalho dos funcionários não docentes da Universidade de São Paulo (USP): o papel da nutrição e da qualidade de vida em geral [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/89/89131/tde-15122009-142609/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: