Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Ganhos de equilíbrio e marcha em pacientes hemiparéticos crônicos através de Terapia Modificada de Constrição com Indução de Movimento (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GUERREIRO, CARLOS TOSTES - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RAL
  • Subjects: ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL; MOVIMENTO (FISIOLOGIA); MEMBROS INFERIORES; REABILITAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Como o Acidente Vascular Encefálico (AVE) produz alterações no centro de equilíbrio e na marcha nós propusemos uma modificação na técnica de Constraint Induced Movement Therapy (mCIMT) para reabilitar a marcha de pacientes pós AVE. Participaram desse estudo 19 sujeitos alocados em um único grupo. A imobilização do membro superior (MS) não parético foi feita através de uma malha tubular junto ao tronco. As avaliações aconteceram semanalmente e a cada trinta dias após a interrupção do protocolo, durante três meses. Utilizamos na admissão e ao final do protocolo a National Institute of Health Stroke Scale (NIHSS) e a Stroke Impact Scale (SIS). Para avaliar a funcionalidade dos membros inferiores a Berg Balance Scale (BBS), Barthellndex (BI) e Fugl-Meyer Assesment of Motor Recovery (FMA). Para a marcha o teste de caminhada de 10 metros (T10m) e o Timed Up & Go Test (TUGT). Para a análise estatística utilizamos ANOVA seguida de Holm-Sidak, com nível de significância de p<0,005. As comparações entre semanas e meses evidenciaram melhora significativa em relação à avaliação inicial e manutenção dos resultados nos 3 meses de seguimento, NIHSS (‘F IND. 4’. 78: 21,80), SIS (‘F IND. 4’.78: 25,96), índice de Barthel (‘F IND. 7’.132: 15,17). Já para a FMA (‘F IND. 7’. 108: 37,10) e BBS (‘F IND. 7’. 132: 43,90) encontramos significância adicional de todas as semanas e meses a partir da segunda e para T10m (‘F IND. 7, IND. 132’: 7,55) e TUGT (‘F IND. 7, IND. .130’: 12,77) a partir da quarta semana em relação à primeira. Até o momento não foram encontrados trabalhos que avaliassem as funções dos MMII após a aplicação de uma mCIMT, pois o nosso protocolo modificado foi efetivo para reabilitar a função e a velocidade da marcha em sujeitos hemiparéticos pós AVE que participaram desse estudo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.12.2009

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200038237Guerreiro, Carlos Tostes
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GUERREIRO, Carlos Tostes; DE ARAÚJO, João Eduardo. Ganhos de equilíbrio e marcha em pacientes hemiparéticos crônicos através de Terapia Modificada de Constrição com Indução de Movimento. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009.
    • APA

      Guerreiro, C. T., & De Araújo, J. E. (2009). Ganhos de equilíbrio e marcha em pacientes hemiparéticos crônicos através de Terapia Modificada de Constrição com Indução de Movimento. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Guerreiro CT, De Araújo JE. Ganhos de equilíbrio e marcha em pacientes hemiparéticos crônicos através de Terapia Modificada de Constrição com Indução de Movimento. 2009 ;
    • Vancouver

      Guerreiro CT, De Araújo JE. Ganhos de equilíbrio e marcha em pacientes hemiparéticos crônicos através de Terapia Modificada de Constrição com Indução de Movimento. 2009 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: