Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Usinabilidade do carbeto de tungstênio no torneamento com ferramenta de diamante (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GONÇALVES, ANDRÉ DA MOTTA - EESC
  • USP Schools: EESC
  • Subjects: USINAGEM; TORNEAMENTO
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho apresenta o estudo da usinabilidade do carbeto de tungstênio utilizando ferramenta de ponta única de diamante em máquina-ferramenta de ultraprecisão, em função de suas características de dureza e potencial uso para a fabricação de micromoldes. O carbeto de tungstênio foi submetido a testes de usinagem para a determinação dos parâmetros e condições de corte para a obtenção do regime dúctil. Com base nos resultados experimentais, concluiu-se que, para os avanços da ordem de 1 micrômetro/revolução, a profundidade de corte (AP) não influencia significativamente no resultado de rugosidade, e para avanços da ordem de 3 micrômetros, observou-se a formação de trincas na superfície usinada. Além disso, para profundidades de corte maiores que 2 micrômetros as ferramentas começaram a apresentar lascamento. Para avanços da ordem de 3 micrômetro/revolução a profundidade de corte influencia com grande significância no resultado de rugosidade. O torneamento do carbeto de tungstênio usando ferramenta de diamante mostrou-se uma opção viável à produção de superfícies em termos de qualidade óptica, porém, devido à alta dureza deste material (aproximadamente 4000HV) o torneamento mostrou ser um processo com condições limitadas para a produção em série de componentes em função da baixa taxa de remoção de material permitida. É possível que a retificação possa apresentar taxas de remoção maiores, mesmo assim garantindo a qualidade superficial atingida pelotorneamento, ou ainda, a retificação possa ser usada como um processo no desbaste do carbeto de tungstênio seguido do torneamento de ultraprecisão como a opção viável a produção em série de peças. Portanto, para obtenção de uma superfície de carbeto de tungstênio sem danos e com acabamentos da ordem de 10 nm, a profundidade e avanço não devem ser ) superiores a 2,00 micrômetros e 1,00 micrômetro/revolução, respectivamente, usando uma ferramenta de diamante nova com ângulo de saída 0º ou -25º e uma máquina-ferramenta de alta precisão
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.11.2009
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EESC31100115408TESE 7363
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GONÇALVES, André da Motta; DUDUCH, Jaime Gilberto. Usinabilidade do carbeto de tungstênio no torneamento com ferramenta de diamante. 2009.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18146/tde-17042010-090833/ >.
    • APA

      Gonçalves, A. da M., & Duduch, J. G. (2009). Usinabilidade do carbeto de tungstênio no torneamento com ferramenta de diamante. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18146/tde-17042010-090833/
    • NLM

      Gonçalves A da M, Duduch JG. Usinabilidade do carbeto de tungstênio no torneamento com ferramenta de diamante [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18146/tde-17042010-090833/
    • Vancouver

      Gonçalves A da M, Duduch JG. Usinabilidade do carbeto de tungstênio no torneamento com ferramenta de diamante [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18146/tde-17042010-090833/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: