Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Força de mordida e de língua nas deformidades dentofaciais (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVA, JANAINA BUENO DA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: FORÇA DE MORDIDA; DEFORMIDADES DENTO-FACIAIS
  • Language: Português
  • Abstract: As deformidades dentofaciais são consideradas problemas graves de maloclusões e quando comparadas a indivíduos normais apresentam valores menores de força de mordida. O objetivo do presente estudo foi verificar se a deformidade dentofacial influencia na força de mordida isométrica máxima (FMIM) e na força de língua isométrica máxima (FLIM), comparativamente a um grupo-controle em relação ao gênero, ao lado de mordida para FMIM e regiões de língua (porção anterior e dorso) para a FLIM, ao padrão classe II e classe III e ao índice de Massa Corpóreo (IMC). Participaram do estudo, voluntariamente, 125 pacientes, adultos, atendidos em um hospital terciário, 44 deles com o diagnóstico confirmado de classe II, 13 homens e 31 mulheres, média de idade de 27 anos, nomeados GII e 81 pacientes classe III, 35 homens e 46 mulheres, média de idade de 25 anos, nomeados GIII, todos com indicação de cirurgia ortognática. Também participaram do trabalho 50 voluntários adultos, 17 homens e 33 mulheres, média de idade de 22 anos, sem alterações na oclusão dentária e sem sinais clínicos de disfunção da ATM, formando o grupo controle (GC). As medidas de FMIM foram feitas por meio de um dinamômetro eletrônico, posicionado na região dos dentes molares dos indivíduos, nos dois lados da arcada dentária, alternadamente, e os indivíduos foram instruídos a mordê-lo o mais forte possível, sendo o valor registrado em kgf. O mesmo equipamento foi utilizado para investigação da FLIM, posicionado na região retroincisiva para avaliar a força da porção anterior e posicionado na região do palato duro, para mensuração da força de dorso da língua. Ao voluntário foi solicitada a aplicação da força máxima. Foram selecionados indivíduos com boa compreensão da linguagem oral, sem déficits cognitivos e neuromusculares. Na análise estatística foi utilizado o Modelo de EfeitosMistos e o Teste de Correlação de Pearson. O gênero influenciou na FMIM, tanto em indivíduos-controles quanto naqueles com deformidades dentofaciais. Os homens apresentaram os valores maiores de FMIM. Em relação à FLIM, os homens sem a deformidade dentofacial apresentaram valores maiores de força comparados às mulheres, em ambas as regiões. Entretanto, nos indivíduos com deformidade dentofacial, notou-se diferença significativa (p<0,05) em apenas uma das regiões. Para a FLIM, houve diferença entre os gêneros no grupo GII, região de dorso, GIII região anterior e GC em ambas as regiões de língua (p<0,05). Houve diferença entre os lados para a FMIM (p<0,05), sendo observados valores maiores de força no lado esquerdo para o GII em ambos os gêneros e para os grupos GIII e GC no gênero feminino. A região da língua influenciou na FLIM visto que na região do dorso foram observados valores maiores comparados à região anterior da língua para todos os grupos estudados. Não houve diferença (p>0.05) nos valores de FMIM e de FLIM entre as diferentes deformidades dentofaciais (classe II e classe III), entretanto, seus valores foram menores do que os valores dos indivíduos-controles, o que indica que a deformidade (independente do seu padrão) influenciou nessas forças. Não houve influência do IMC na FMIM, nem na FLIM, em nenhum dos grupos estudados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.12.2009

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200038260Silva, Janaina Bueno da
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Janaina Bueno da; TRAWITZKI, Luciana Vitaliano Voi. Força de mordida e de língua nas deformidades dentofaciais. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009.
    • APA

      Silva, J. B. da, & Trawitzki, L. V. V. (2009). Força de mordida e de língua nas deformidades dentofaciais. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Silva JB da, Trawitzki LVV. Força de mordida e de língua nas deformidades dentofaciais. 2009 ;
    • Vancouver

      Silva JB da, Trawitzki LVV. Força de mordida e de língua nas deformidades dentofaciais. 2009 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: